Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/110877
Unidade da Embrapa/Coleção:: Área de Informação da Sede - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 28-Jul-2004
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: CRIBB, A.Y.
Informaçães Adicionais: Embrapa Agroindústria de Alimentos
Título: Sistema agroalimentar brasileiro e biotecnologia moderna: oportunidades e perspectivas.
Edição: 2004
Fonte/Imprenta: Cadernos de Ciência & Tecnologia, Brasília, DF, v.21, n. 1, p.169-195, jan./abr. 2004.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: organismos geneticamente modificados
setor agroalimentar
competitividade internacional
sistema nacional de inovação
genetically modificated organisms
agrifood sector
international competitiveness
national innovation system
Conteúdo: A biotecnologia moderna - entendida como conjunto de técnicas, incluindo a transgenia, os processos enzimáticos, os métodos de exploração de microrganismos, a micropropagação, os processos profiláticos, a cartografia genética, a clona-gem, os métodos de diagnóstico, os métodos de fecundação in vitro e a transferência de embrião - potencialmente revela-se como uma opção tecnológica de grande porte para o sistema agroalimentar brasileiro, que enfrenta sérios desafios apesar de seu bom desempenho nos últimos 12 anos. Contudo, consideradas no seu conjunto, essas biotécnicas não estão sendo completamente aproveitadas para fins produtivos no Brasil. A razão fundamental dessa situação é a hesitação em adotar as técnicas de transgenia. Este artigo, baseado numa abordagem conceitual que destaca a natureza e a sensibilidade circunstancial da tecnologia, faz um exame dos diferentes aspectos do contexto brasileiro que influenciam a expansão dessas biotécnicas. Para isso, caracteriza os desafios do sistema agroalimentar brasileiro em relação ao processo de globalização dos mercados e intensificação dos fluxos internacionais de tecnologia. Discute de forma crítica as potencialidades da biotecnologia moderna de maneira a indicar possibilidades de seu uso no sistema agroalimentar brasileiro. Analisa as condições científicas e tecnológicas do Brasil de promover e sustentar o processo de geração e uso de biotécnicas. Conclui-se com algumas sugestões de ação para o crescimento do aproveitamento de recursos biotecnológicos no sistema agroalimentar brasileiro.
Ano de Publicação: 2004
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (AI-SEDE) / Embrapa Informação Tecnológica (SCT)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
v21n1169.pdf65,37 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace