Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1126960
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2020
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: PEREIRA, D. S.
NAKASONE, A. K.
OLIVEIRA, L. C. de
OLIVEIRA, M. S. de
PEREIRA, N. S.
CRUZ, J. N.
PORTS, P. da S.
SOUZA FILHO, A. P. da S.
MEDEIROS, A. C. de
SILVA, R. A. da
MARACAJÁ, P. B.
FREITAS, M. O.
FREITAS, C. I. A.
Additional Information: DANIEL SANTIAGO PEREIRA, CPATU; ALESSANDRA KEIKO NAKASONE, CPATU; Luana Cardoso de Oliveira, UFPA; Mozaniel Santana de Oliveira, MPEG; Natanael Santiago Pereira, IFCE; Jorddy Neves Cruz, UFPA; Pollyane da Silva Ports, UNICAMP; ANTONIO PEDRO DA SILVA SOUZA FILHO, CPATU; Aline Carla de Medeiros, Universidade Federal de Campina Grande; Rosilene Agra da Silva, Universidade Federal de Campina Grande; Patrício Borges Maracajá, Universidade Federal de Campina Grande; Marinalva Oliveira Freitas, Universidade Federal Rural do Semi-Árido; Carlos Iberê Alves Freitas, Universidade Federal Rural do Semi-Árido.
Title: Effect of extracts of amazonian bee propolis on Xanthomonas axonopodis pv. passiflorae in the State of Pará-Brazil.
Publisher: Research, Society and Development, v. 9, n. 11, e3719119464, 2020.
Language: Ingles
Description: O maracujá-amarelo (Passiflora edulis Sims f. flavicarcarpa Deg.) é uma cultura importante na agricultura da Amazônia brasileira, especialmente no estado do Pará. Mas o seu cultivo tem sofrido uma redução de suas áreas e produtividade devido às doenças causadas por bactérias, em que o controle químico, às vezes, não apresenta os resultados esperados. A própolis de abelhas africanizadas (Apis mellifera L.) tem se mostrado um importante antibiótico natural no controle de microrganismos indesejáveis de plantas e animais. O presente trabalho teve como objetivo o estudo in vitro da atividade antibiótica de diferentes extratos de própolis de abelhas africanizadas de duas diferentes localidades do estado do Pará sobre o agente causador da mancha bacteriana do maracujá (Xanthomonas axonopodis pv. passiflorae). Foi realizada uma análise fatorial de três fatores: origem X solvente X concentração. Verificou-se que as concentrações de 0,5% foram estatisticamente superiores às demais, com poder de inibição do crescimento médio de 86%, e o extrato de própolis do apiário de Santa Izabel do Pará, Pará, Brasil, obtido em etanol a 80%, demonstrou efeito inibitório estatisticamente diferente e superior do crescimento de unidades formadoras de colônias (UFC) de X. axonopodis pv. passiflorae.
Thesagro: Maracujá
Passiflora Edulis Flavicarpa
Apicultura
Antibiótico
Própolis
Data Created: 2020-11-23
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPATU)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
9464-Article-137324-1-10-20201118.pdf281,01 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace