Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1130296
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Cocais - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2020
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: FERREIRA, M. das G. R.
SOUSA, N. R.
FRAZAO, J. M. F.
RODRIGUES, Z. M. R.
Additional Information: MARIA DAS GRACAS RODRIGUES FERREIRA, CPACP; NELCIMAR REIS SOUSA, CPACP; JOSE MARIO FERRO FRAZAO, CPACP; ZULIMAR MÁRITA RIBEIRO RODRIGUES, UFMA.
Title: Áreas com potencial para conservação de recursos da bacaba (Oenocarpus distichus) no Estado do Maranhão, Brasil.
Publisher: Revista InterEspaço, v.6, p. 1-18, 2020.
Pages: 18 p.
Language: Portugues
Keywords: Extrativismo
Description: As bacabeiras (Oenocarpus distichus) são palmeiras típicas da Amazônia que ocorrem com maior frequência no leste, dispersando-se do Pará ao Maranhão. A bacabeira por suas características ecobotânicas apresentam grandes oportunidades de serem valoradas em serviços ecossistêmicos. É explorada pelo extrativismo, seja para o consumo de seus frutos na forma de bebida ou na extração do óleo, podendo ser cultivadas em sistemas agroflorestais para a produção de frutos, palmito e, especialmente, o óleo. O presente estudo investigou e mapeou a ocorrência de populações naturais de Oenocarpus distichus no Maranhão para identificar as áreas com potenciais para conservação. A pesquisa é descritiva e foi realizada em diferentes sedes municipais e/ou povoados de seis microrregiões do estado do Maranhão: Baixada Maranhense, Gurupi, Chapada das Mangabeiras, Litoral Ocidental Maranhense, Rosário e Itapecuru. Os pontos de ocorrência foram georreferenciados e armazenadas no aparelho GPS. Posteriormente no software (Qgis 2.18) foi feita a conversão das coordenadas de extensão KML para shapefile, criando um banco de dados utilizado para produzir o mapa da distribuição espacial da bacaba. Entre as áreas pesquisadas a maior ocorrência identificada foi na microrregião de Rosário, com destaque para os municípios de Axixá e Presidente Juscelino; seguido da microrregião do Litoral Ocidental Maranhense, em Serrano do Maranhão. Constatou-se que as populações de bacaba estão bastante reduzidas nas áreas mapeadas, contudo ainda existem indivíduos preservados em quintais, favorecendo estratégias de conservação on farm.
Thesagro: Bacaba
Oenocarpus Distichus
Data Created: 2021-02-25
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPACP)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
11081-48917-2-PB.pdf757,64 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace