Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1130510
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Milho e Sorgo - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2019
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: ROCHA, K. R.
MEIRELLES, W. F.
COLAUTO, N. B.
LINDE, G. A.
SANTANA, T. T.
PACCOLA-MEIRELLES, L. D.
Additional Information: Kátia Real Rocha, Universidade Estadual de Londrina; WALTER FERNANDES MEIRELLES, CNPMS; Nelson Barros Colauto, Universidade Paranaense; Giani Andrea Linde, Universidade Paranaense; Thiago Teodoro Santana, Universidade Paranaense; Luzia Doretto Paccola-Meirelles, Universidade Estadual de Londrina.
Title: Atividade de nucleação de gelo e densidade populacional do patógeno podem ser fatores que contribuem para o progresso da doença mancha branca do milho.
Publisher: Arquivos de Ciências Veterinárias e Zoologia da UNIPAR, v. 22, n. 4, p. 157-164, set./dez. 2019.
Language: Portugues
Description: A Mancha Branca do Milho (MBM) e? uma doença foliar que tem causado perdas apreciáveis, tanto qualitativas como quantitativas para a produção de milho. Seu agente etiológico, a Pantoea ananatis, é uma bacte?ria epifi?tica, Gram-negativa formadora de colônia amarela, capaz de formar gelo, mesmo em ambiente tropical (ice nucleation activity - INA). Este estudo teve por objetivo caracterizar isolados de P. ananatis quanto à atividade INA e avaliar o efeito da densidade bacteriana na expressão do fenótipo INA e no processo de desenvolvimento da doença. O agente patogênico foi isolado de lesões iniciais da doença, as anasarcas, e avaliado quanto à expressão do fenótipo INA em diferentes concentrações bacterianas. O mesmo foi feito com isolados epifíticos obtidos da superfície foliar de plantas de milho sadias. Dos 24 isolados bacterianos estudados, apenas 13 apresentaram o fenótipo INA+. A expressão deste fenótipo foi dependente da densidade celular. Isolados INA+ e INA? foram inoculados em folhas destacadas e em plantas da cultivar HS200 a campo, em diferentes concentrações do inóculo. Nenhum isolado INA? reproduziu sintomas em laboratório. Dos cinco isolados INA+ somente um deles reproduziu sintomas em laboratório. Em campo o isolado INA+ foi capaz de promover lesões em todas as concentrações avaliadas. Conclui-se que a atividade de nucleação de gelo pela bactéria P. ananatis é dependente da linhagem e da densidade bacteriana e este fenômeno pode estar envolvido no desenvolvimento dos sintomas da MBM.
Thesagro: Phaeosphaeria Maydis
Zea Mays
Milho
Doença de Planta
NAL Thesaurus: Pantoea ananatis
Data Created: 2021-03-05
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPMS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Atividade-nucleacao.pdf9,81 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace