Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1131904
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Florestas - Capítulo em livro científico (ALICE)
Date Issued: 2021
Type of Material: Capítulo em livro científico (ALICE)
Authors: LAVORANTI, O. J.
BELLOTE, A. F. J.
BUSCHINELLI, C. C. de A.
SIMIONI, F. J.
ANDRADE, G. de C.
SILVA, H. D. da
BRITO, J. O.
RIBASKI, J.
DAMASO, M. C. T.
SANTOS, P. E. T. dos
COURI, S.
Additional Information: OSMIR JOSE LAVORANTI, CNPF
SÔNIA COURI, Pesquisadora aposentada da Embrapa Agroindústria de Alimentos.
ANTÔNIO FRANCISCO JURADO BELLOTE, Pesquisador aposentado da Embrapa Florestas
CLAUDIO CESAR DE A BUSCHINELLI, CNPMA
FLÁVIO JOSÉ SIMIONI, Universidade do Estado de Santa Catarina
GUILHERME DE CASTRO ANDRADE, CNPF
HELTON DAMIN DA SILVA, Pesquisador aposentado da Embrapa Florestas
JOSÉ OTÁVIO BRITO, Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”
JORGE RIBASKI, CNPF
MONICA CARAMEZ TRICHES DAMASO, CNPAE
PAULO EDUARDO TELLES DOS SANTOS, CNPF
Title: Florestas energéticas.
Publisher: In: OLIVEIRA, E. B. de; PINTO JUNIOR, J. E. (Ed.). O eucalipto e a Embrapa: quatro décadas de pesquisa e desenvolvimento. Brasília, DF: Embrapa, 2021. cap. 26.
Pages: p. 941-980.
Language: Portugues
Keywords: Embrapa Florestas
Description: Resumo. A geração de inovações que possam contribuir para o fortalecimento da competitividade do setor produtivo nacional tem conduzido as instituições de pesquisa, desenvolvimento e inovação a elaborar seus projetos por meio de redes cooperativas de pesquisa. Esse cenário direcionou a Embrapa Florestas à formação da rede Florestas Energéticas e à elaboração do projeto Florestas Energéticas na Matriz de Agroenergia Brasileira, coordenado pela Embrapa e com a participação de diversas instituições públicas e privadas. Tendo o envolvimento principal do eucalipto, o projeto teve como principais objetivos aprimorar tanto a matéria-prima, proporcionando uma maior disponibilização de material genético, quanto as técnicas de silvicultura, visando rendimento da biomassa florestal como fonte de energia, além de trabalhar competências regionais em todo o País, a partir da qualificação técnica. Um segundo objetivo foi desenvolver, otimizar e viabilizar alternativas tecnológicas ligadas à área de uso da biomassa florestal como fonte de energia. Processos para a obtenção de produtos de alto valor agregado a partir de biomassa florestal foram aprimorados, tais como: a obtenção de um extrato enzimático rico em atividade celulolítica para obtenção de etanol; obtenção de bio-óleo e biochar mediante pirólise rápida; celulignina por meio de pré-hidrólise ácida e de gás de síntese pela oxidação parcial da celulignina. Nas questões sociais, o projeto atendeu especialmente questões relativas ao uso tradicional da madeira nas aplicações domésticas e de pequenos empreendimentos, contribuindo para o fortalecimento do uso sustentável desse recurso que, em muitos locais, é a única fonte energética disponível para a produção de carvão vegetal, cocção de alimentos e aquecimento domiciliar. Durante o período de execução do projeto, entre 2007 e 2016, foram desenvolvidas tecnologias e obtenção de conhecimentos marcantes, em parcerias com universidades e empresas privadas, gerando cerca de 200 trabalhos técnicos e técnico-científicos. O projeto também propiciou 20 dissertações/teses; 50 estágios de graduação/pós-graduação; 200 ações de transferência de tecnologia; 270 atividades de promoção da imagem e 10 eventos, dos quais se destaca o 1° Congresso Brasileiro sobre Florestas Energéticas. Além disso, 40 reuniões técnicas foram realizadas com o objetivo de promover discussões relacionadas à sustentabilidade da cadeia produtiva das florestas plantadas com finalidades energéticas, mediante difusão de conhecimentos silviculturais, aperfeiçoamentos e inovações tecnológicas nos processos agroindustriais, diversificação da matriz energética com a obtenção de bioprodutos de alto valor agregado e bioenergia de segunda geração, além da inserção de pequenos e médios produtores no agronegócio florestal. Abstract. Societys growing demand for practical results and the generation of innovation that can contribute to strengthening the competitiveness of the national productive sector has led research, development and innovation institutions to implement projects based on cooperative research networks. This scenario led Embrapa Forestry to the formation of the network entitled Energy Forests and the development of the project Energy Forests in the Brazilian Agroenergy Matrix. Based on work with eucalypts, the main objectives of the project were not only to improve raw material, by increasing availability of genetic material, and silviculture techniques, to increase yield of forest biomass as a source of energy, but also to develop skills across the country based on technical qualification. A further objective was to develop, optimize and make feasible technological alternatives linked to the use of forest biomass as an energy source. Processes to obtain high value-added products from forest biomass were refined, such as: an enzymatic extract rich in cellulolytic activity to attain ethanol; bio-oil and biochar through rapid pyrolysis; cellulignin through acid pre-hydrolysis; and synthesis gas through partial oxidation of cellulignin. In terms of social issues, the project paid special attention to the traditional use of wood in homes and small enterprises, strengthening the sustainable use of this resource which is often the only energy source available for charcoal production, cooking and home heating. During the project (2007 to 2016), notable technologies and knowledge were developed in partnership with universities and private companies, generating approximately 200 technical and technical-scientific publications. The project also resulted in 20 dissertations/theses, 50 undergraduate/postgraduate internships, 200 technology transfer activities, 270 promotional activities and 10 events, including the 1st Brazilian Congress on Energy Forests. Meanwhile, 40 technical meetings were held that focused on the sustainability of the production chain of planted forests for energy purposes through the dissemination of forestry knowledge, improvement and technological innovations in agroindustry processes, diversifying the energy matrix by obtaining high value-added bioproducts and second-generation bioenergy and including small- and medium-sized producers in forest agribusiness.
Thesagro: Eucalipto
Pesquisa Florestal
Historia
Bioenergia
Energia
Produção Florestal
Produtividade
Madeira
NAL Thesaurus: Eucalyptus
Data Created: 2021-05-19
ISBN: 978-65-87380-04-9
Appears in Collections:Capítulo em livro científico (CNPF)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EmbrapaFlorestas-2021-LV-EucaliptoEmbrapa-cap26.pdf6,08 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace