Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1132448
Title: Benefícios ambientais da arborização urbana em Mogi Guaçu, SP.
Authors: SCANAVACA JUNIOR, L.
CORRÊA, R. F. M.
Affiliation: LAERTE SCANAVACA JUNIOR, CNPMA; RONY FELIPE MARCELINO CORRÊA, UFSCar.
Date Issued: 2021
Citation: In: SALES, R. E. da S.; SALES, R. da S. (Org.). Educação ambiental e cidadania: pesquisa e práticas contemporâneas, vol. 2, 2021. Guarujá, SP: Científica Digital, 2021. cap. 8,
Pages: p. 92-107.
Description: Este estudo avaliou a arborização urbana em Mogi Guaçu, São Paulo, Brasil, de acordo com o poder aquisitivo. A amostragem estratificada foi realizada em cinco bairros, totalizando 75 blocos (quarteirões), possibilitando a identificação de 57 espécies, sendo 20 nativas e 37 exóticas. A frequência de espécimes exóticos foi de 77,15%. As três espécies mais frequentes (57,87%) apresentaram as maiores ocorrências fitossanitárias. Árvores pequenas apresentaram 63,13%, as médias 29,33% e as árvores grandes com 7,54% da frequência. Mogi Guaçu possuí um índice de área verde (IAV) médio de 10,85 m² por habitante, com bom potencial para aumentar a baixo custo, pois existem muitos espaços vazios e a substituição das árvores que apresentaram problemas deve ser com árvores de grande porte da floresta nativa nas proximidades da cidade. Não houve correlação entre poder aquisitivo e o IAV.
Thesagro: Zona Urbana
NAL Thesaurus: Afforestation
Urban planning
Language: Portugues
Type of Material: Parte de livro
Access: openAccess
Appears in Collections:Capítulo em livro científico (CNPMA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Scanavaca-beneficios-ambientais-2021.pdf3,36 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace