Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1132944
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Florestas - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2021
Type of Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Authors: DUARTE, M. M.
TOMASI, J. de C.
GABIRA, M. M.
VIEIRA, L. M.
AGUIAR, N. S. de
MAGGIONI, R. de A.
NOGUEIRA, A. C.
WENDLING, I.
Additional Information: MANOELA MENDES DUARTE, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ; JÉSSICA DE CÁSSIA TOMASI, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ; MÔNICA MORENO GABIRA, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ; LEANDRO MARCOLINO VIEIRA, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ; NATÁLIA SAUDADE DE AGUIAR, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ; RENATA DE ALMEIDA MAGGIONI, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ; ANTONIO CARLOS NOGUEIRA, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ; IVAR WENDLING, CNPF.
Title: Sombreamento de erva-mate e reflexos na área foliar específica.
Publisher: In: EVENTOS ARAUCÁRIA: PESQUISA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIAS PARA SISTEMAS DE PRODUÇÃO, ERVA-MATE XXI: INOVAÇÃO E TECNOLOGIAS PARA O SETOR ERVATEIRO, 2020, Colombo. Anais. Colombo: Embrapa Florestas, 2021.
Pages: p. 43.
Series/Report no.: (Embrapa Florestas. Documentos, 344).
Language: Portugues
Notes: Resumo.
Keywords: Erva mate
Description: O principal produto comercializável da erva-mate são suas folhas. Assim, a área foliar específica pode apresentar-se como um índice morfofisiológico de grande importância. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência de níveis de sombreamento sobre a área foliar específica de dois genótipos de ervamate. O experimento foi conduzido em sistema semi-hidropônico em estufa de cultivo. Os genótipos clonais (EC 22 e EC 40) são provenientes de teste de progênies e procedências da Embrapa Florestas. Os níveis de sombreamento (0, 38, 59, 77, 83 %) foram obtidos com telas de polietileno (sombrites). Durante um ano foram realizadas seis coletas, sendo separadas cinco folhas completamente expandidas de cada tratamento. As folhas foram digitalizadas, secas em micro-ondas por 5 minutos e pesadas em balança de precisão. A área foliar foi posteriormente mensurada pelo software ImageJ. A área foliar específica foi determinada pela relação entre área foliar (cm²) e massa seca (g) das folhas. Como resultados, a área foliar específica média variou de 101,2 a 133,0 cm² g-1 nos sombreamentos de 0 % e 83 %, respectivamente. Os dados apresentaram comportamento quadrático, de acordo com a equação: , R² = 0,30. Foi observado que a área foliar específica aumentou com o sombreamento das plantas, entretanto, esta resposta não se deve à maior área foliar, mas especialmente ao menor acúmulo de massa, tornando as folhas menos espessas. Concluímos que o sombreamento influencia significativamente este índice morfofisiológico da erva-mate, com maior área foliar específica nas plantas submetidas ao sombreamento de 83 %.
Thesagro: Ilex Paraguariensis
Sistema de Produção
Data Created: 2021-07-14
Appears in Collections:Resumo em anais de congresso (CNPF)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EmbrapaFlorestas-2021-AnaisErvamateEAraucaria-Documentos344-pg43.pdf211,48 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace