Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1133881
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2020
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: MOTA, E. R.
DIONISIO, L. F. S.
SCHWARTZ, G.
PORTO, N. M.
Additional Information: EDUARDO RODRIGUES MOTA, UEMASUL; LUIZ FERNANDES SILVA DIONISIO, UEPA; GUSTAVO SCHWARTZ, CPATU; NIARA MOURA PORTO, UFPB.
Title: Diversidade, distribuição espacial e espécies arbóreas estruturantes em floresta ombrófila densa na Amazônia Oriental.
Publisher: Brazilian Journal of Development, v.6, n.9, p. 71192-71208, 2020.
Language: Portugues
Keywords: Floresta ombrófila densa
Análise estrutural
Padrão espacial
Recomposição florestal
Maranhão
Description: O estado do Maranhão está localizado em uma paisagem heterogênea sob a influência de três biomas: Amazônia, Cerrado e Caatinga. As áreas do bioma Amazônia no estado apresentam-se em um alto estágio de degradação provocado por vários fatores, como por exemplo mudanças climáticas e intensificação do uso da terra. Este estudo apresenta a análise estrutural de um trecho de Floresta Ombrófila Densa na Amazônia Oriental no Maranhão, bem como descreve o padrão espacial das espécies encontradas e identifica as espécies arbóreas indicadas como aporte a projetos de recomposição florestal. Foram amostrados indivíduos arbóreos com DAP ≥ 10 cm presentes em quatro unidades amostrais contíguas de 25 m x 25 m (625 m² x 4 = 0,25 ha). Foram registrados um total de 136 indivíduos (544 ind.ha-1), distribuídos em 19 famílias e 28 espécies (28,57% espécies raras). A família Fabaceae apresentou a maior riqueza de espécies (4), seguida de Lecythidaceae (3) e Malvaceae (3). Os índices de Shannon-Weaner ("H" ^'), Simpson (D) e Pielou (J) foram de 2,92 nats.ind-1, 0,94 e 0,88, respectivamente. O índice NDVI, apresentou média geral de 0,83. A dominância absoluta total foi estimada em 32,76 m².ha-1. O padrão espacial geral foi do tipo agregado, enquanto que para a maioria das espécies o padrão foi aleatório. O ordenamento do VI indicou as espécies Schefflera morototoni, Inga alba, Anadenanthera colubrina, Bagassa guianensis, Apeiba tibourbou, Protium heptaphyllum, Couratari guianensis, Guazuma ulmifolia e Pouteria macrophylla para recomposição florestal.
Data Created: 2021-08-26
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPATU)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mota-2020-Diversidade-distribuicao-esp-e-especies-arboreas.pdf939,05 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace