Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1134395
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Solos - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2011
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: LOPES, H. L.
ACCIOLY, L. J. de O.
SILVA, F. H. B. B. da
SOBRAL, M. do C. M.
ARAUJO FILHO, J. C. de
CANDEIAS, A. L. B.
Additional Information: HELIO L. LOPES, UNIVASF; LUCIANO JOSE DE OLIVEIRA ACCIOLY, CNPS; FLAVIO HUGO BARRETO B DA SILVA, CNPS; MARIA DO C. M. SOBRAL, UFPE; JOSE COELHO DE ARAUJO FILHO, CNPS; ANA L. B. CANDEIAS, UFPE.
Title: Espacialização da umidade do solo por meio da temperatura da superfície e índice de vegetação.
Publisher: Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 15, n. 9, p. 973-980, set. 2011.
Language: Portugues
Keywords: Seridó
NDVI
Description: O estudo da umidade do solo é fundamental não só para a determinação da resiliência de ecossistemas e sua recuperação, mas também na modelagem da relação água-vegetação-atmosfera. Na aquisição dessas informações o sensoriamento remoto perfaz uma ferramenta importante e de potencial adequado para monitoramento e mapeamento. Visando à espacialização de índices relacionados à umidade, vários métodos têm sido propostos, embora sua aplicação ainda seja limitada. Neste trabalho se aplicou o modelo de índice de umidade do solo (IUS) cujos objetivos foram: espacializar o IUS, estabelecer graus de desertificação, delimitar a área em processo de desertificação e verificar possíveis relações do IUS com parâmetros de água no solo. Na aplicação deste modelo se utilizaram, como dados de entrada, o NDVI (índice de vegetação da diferença normalizada) e a LST (temperatura da superfície) e se observou que o IUS representado pela média dos valores desses índices pode ser empregado na determinação do grau de degradação da superfície e para gerar classificação legendada, discriminando vários níveis de degradação ambiental. Constatou-se também que não houve relação direta do IUS com parâmetros físicos de retenção de umidade do solo. Desta forma, o sensoriamento remoto mostrou ser uma ferramenta significativa na avaliação de índices de umidade do solo em áreas degradadas tal como para delinear a dinâmica de borda em núcleo de desertificação.
Thesagro: Umidade do Solo
Desertificação
Data Created: 2021-09-14
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Espacializacao-da-umidade-do-solo-2011.pdf7,05 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace