Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1134705
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2021
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: COSTA, A. da S.
LAMEIRA, O. A.
Additional Information: ANDERSON DA SILVA COSTA, Amazônia Legal-BIONORTE; OSMAR ALVES LAMEIRA, CPATU.
Title: Avaliação do comportamento fenológico da Copaifera martii (Hayne) com dados climáticos em floresta secundária.
Publisher: Research, Society and Development, v. 10, n. 9, e41810917973, 2021.
Language: Portugues
Keywords: Dados climáticos
Copaifera martti (Hayne)
Correlação
Description: A espécie Copaifera martti (Hayne) possui grande importância na medicina popular, visto que o óleo extraído da planta contém princípios ativos que servem de base para a produção de medicamentos. Neste sentindo, o objetivo principal deste trabalho foi avaliar o comportamento fenológicos (floração, frutificação, queda foliar e brotamento) da espécie Copaifera martii (Hayne) em uma área de floresta secundária e correlacionar com os dados climáticos (precipitação, temperatura, insolação total e umidade relativa do ar) e analisar a significância desses eventos fenológicos através do Teste de Coeficiente de Correlação de Spearman (rs), Matriz de Correlação e análise de regressão linear múltipla, este monitoramento foi realizado semanalmente durante o período de três anos (2018 a 2020). Nesta pesquisa foi possível registrar que o desfolhamento ocorreu com maior força nos meses (junho a outubro) período de menor intensidade de chuvas na região. Nos aspectos dos dados de temperatura no mesmo período, constatou-se que altas temperaturas e insolação total apontam para maior desfolhamento nas árvores estudadas. No que diz a respeito à fenofase brotamento em relação ao agente abiótico precipitação, observa-se que o percentual de brotamento acompanhou o período de altas chuvas, nos três períodos que compreendem os meses de janeiro a maio (2018, 2019 e 2020). Em relação ao teste estatístico de correlação de Spearman (rs), revelou que não houve uma relação positiva da precipitação e da umidade relativa do ar no período avaliado para a fenofase "queda foliar", uma vez que nenhum dos resultados com essa variável demonstrou-se significativo. Entretanto, essa fenofase foi positiva e significativa em relação ao fator abiótico temperatura e insolação total, registrando uma correlação de (rs)= 0,5860 e (rs)= 0,709 respectivamente. A variável "brotamento" demonstrou-se também positiva e bastante significativa para os fatores abióticos precipitação e umidade relativa do ar, registrando um coeficiente de correlação de (rs)=0,838 e (rs)=0,871 respectivamente. Através da análise da matriz de correlação no que se refere a fenologia da Queda foliar os dados apontaram uma correlação positiva de 0,762 em relação ao fator abiótico Insolação total e 0,657 para a variável temperatura. A fenofase brotamento teve uma alta correlação positiva com a precipitação e umidade relativa do ar, registrando o valor de 0,805 e 0,888 respectivamente.
Thesagro: Copaíba
Fenologia
Data Created: 2021-09-22
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPATU)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fenologia-Copaiba-Martii2021.pdf594,31 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace