Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1134888
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Clima Temperado - Tese/dissertação (ALICE)
Date Issued: 2021
Type of Material: Tese/dissertação (ALICE)
Authors: SILVA, G. F. da
Additional Information: GUILHERME FERREIRA DA SILVA, UFPEL.
Title: Estratégias para promover o crescimento de porta-enxerto de nogueira pecã (Carya illinoinensis).
Publisher: 2021
Pages: 103 p.
Language: Portugues
Notes: Dissertação (Mestrado em Ciências) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2021. Orientador: Paulo Celso de Mello Farias,; Coorientador: Carlos Roberto Martins (CPACT).
Description: A nogueira-pecã é uma árvore frutífera, nativa de países da América do Norte, seu produto principal é seu fruto, a noz-pecã. Nas últimas duas décadas no sul do Brasil vêm ocorrendo o desenvolvimento da cadeia da pecanicultura. A produção de mudas de qualidade é um fator primordial para o sucesso de um pomar rentável. Este trabalho teve como objetivo avaliar tecnologias para melhorar o desenvolvimento de porta-enxertos de nogueira-pecã. Para tanto os ensaios realizados são apresentados em três artigos, a seguir descritos. O artigo 1 intitulado ?Crescimento de porta-enxertos de nogueira-pecã com o uso de húmus líquido? teve como objetivo avaliar o efeito de distintas frequências de aplicações de húmus líquido no crescimento e desenvolvimento radicular de porta-enxertos de nogueira pecã em sistema orgânico. Verificou-se que a aplicação de húmus líquido a cada 7 dias é eficiente no crescimento de raízes secundárias de nogueira-pecã, mas a frequência de aplicação não interfere no desenvolvimento da parte aérea, em altura e diâmetro do porta-enxerto. O artigo 2, ?Poda de raízes e diferentes recipientes sobre crescimento de porta-enxerto de nogueira-pecã em cultivo orgânico? teve como objetivo avaliar o crescimento vegetativo e radicular do porta-enxerto em função da poda de raiz e de diferentes recipientes para a produção de muda de nogueira-pecã em sistema orgânico. Constataram-se os recipientes e a poda de raiz não afetam o diâmetro do tronco parâmetro importante para a determinação da enxertia. No entanto, as mudas com sistema radicular não podado e cultivados em saco plástico desenvolvem maior raiz principal e parte aérea. O artigo 3, ?Substratos para o cultivo de porta-enxerto de nogueira-pecã? teve como objetivo testar diferentes substratos, de fácil acesso e baixo custo para pequenos produtores, que possam ser utilizados na formação de porta-enxertos de nogueira-pecã. Verificou-se que substrato Ecocitrus® e o vermicomposto demonstraram resultados promissores na produção de porta-enxertos de nogueira-pecã. Como conclusão geral foi visto que tecnologias de baixo custo como a utilização de húmus líquido, recipiente e substrato adequados e a poda de raiz resultam em porta-enxertos de qualidade de nogueira-pecã.
Thesagro: Noz Peca
Data Created: 2021-09-29
Appears in Collections:Tese/dissertação (CPACT)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao-Guilherme-Ferreira-da-Silva.pdf3,2 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace