Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1135131
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Trigo - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2021
Type of Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Authors: ROMÁN, A. E.
MIRANDA, M. Z. de
TATSCH, P. O.
DEBONA, D.
RODRIGUEZ, E. F.
DALLAGNOL, L. J.
Additional Information: A. E. ROMÁN, Universidade Federal de Pelotas, Laboratório de Interação Planta-Patógeno, Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil.; MARTHA ZAVARIZ DE MIRANDA, CNPT; PIHETRA OLIVEIRA TATSCH, CNPT; D. DEBONA, 3 Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Campus Santa Helena,Santa Helena, Paraná, Brasil; E. F. RODRIGUEZ, 5 Grow Green Tecnologías Agrícolas, Riobamba, Chimborazo, Ecuador. aroman@ueb.edu.ec; L. J. DALLAGNOL, Universidade Federal de Pelotas, Laboratório de Interação Planta-Patógeno, Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil.
Title: Efeito da fertilização nitrogenada e fungicida no manejo de doenças e na qualidade da farinha de cultivares precoces do trigo.
Publisher: In: CONGRESO NACIONAL DE TRIGO, 9.; SIMPÓSIO DE CEREALES DE SIEMBRA OTOÑO-INVERNAL, 7.; ENCUENTRO DEL MERCOSUR, 3., 2021, Buenos Aires. Resumos...Buenos Aires: CNT, 2021.
Language: Portugues
Description: No Brasil, a região Sul é a principal produtora de trigo e o estado do Rio Grande do Sul representa 36% da produção nacional. Nesta região, as condições climáticas são favoráveis a doenças durante todo o período de desenvolvimento das plantas de trigo. Com a finalidade de reduzir os danos, o manejo das doenças é realizado com diferentes estratégias, tais como rotação de culturas, cultivares resistentes, sementes sadias, ajustes na fertilização e aplicação de fungicidas. A fertilização nitrogenada influencia a intensidade de doenças, porém são escassos os estudos investigando o seu impacto dentro de um programa de manejo integrado de doenças em trigo. Portanto, neste trabalho foi avaliado o efeito da fertilização nitrogenada e da aplicação de fungicida, em duas cultivares precoces de trigo, na intensidade de doenças, no rendimento, e na qualidade do grão e da farinha. O experimento foi realizado no Centro Agropecuário da Palma, Universidade Federal de Pelotas-Brasil, durante as safras 2019 e 2020. O delineamento experimental usado foi parcelas subdivididas com quatro repetições, sendo a parcela principal o tratamento sem ou com a aplicação de fungicida (bixafem+protioconazol+trifloxistrobina). As subparcelas foram as cultivares de trigo TbioAudaz (moderada resistência a doenças e trigo melhorador) e TbioTibagi (suscetível a doenças e trigo pão). As sub - subparcelas foram três doses de nitrogênio: baixo N: 70 kg ha-1, N recomendado: 130 kg ha-1 e alto N: 200 kg ha-1. A análise estatística empregou modelo linear de efeitos mistos. As doenças, que ocorreram, devido ao inóculo presente no ambiente, fora m quantificadas (severidade) desde a emergência das plântulas até a maturação fisiológica. Com estes dados, a área abaixo da curva de progresso da doença (AACPD) foi calculada para a mancha amarela, oídio, ferrugem da folha e giberela. Durante a fase de desenvolvimento do grão (ZGS80) foi determinada a eficiência do fotossistema II (Fv/Fm) associada aos processos fotossintéticos. Além disso, foi determinado a produtividade, peso hectolítrico (PH), proteína em base seca (PS), número de q ueda do grão (NQG) e glúten seco (GS). Os resultados mostraram que a cultivar moderadamente resistente e o aumento da fertilização nitrogenada reduziram significativamente (p<0,05) a AACPD da mancha amarela. No entanto, maior AACPD de oídio foi observada com altas doses de nitrogênio. Para ferrugem da folha e giberela, a cultivar moderadamente resistente e a aplicação de fungicida reduziram significativamente (p<0,05) a AACPD. O efeito fungicida foi menor para a TbioAudaz, em comparação com a TbioTibagi,devido à maior resistência da primeira cultivar. Houve efeito significativo das interações cultivar×nitrogênio e cultivar×fungicida para o rendimento de grãos, PH, PS, NQG e GS. A Fv/Fm foi menor para a cultivar TbioTibagi sem aplicação de fungicida, o que está diretamente relacionado às disfunções fotossintéticas decorrentes das doenças e, consequentemente,impactando a produtividade e a qualidade do grão e da farinha. Neste estudo verificou-se que a dose recomendada de 130 kg ha-1 tem efeito similar à dose de 200 kg ha-1 na redução da mancha amarela e na produtividade para ambas as cultivares, mantendo parâmetros adequados de qualidade da farinha
Thesagro: Trigo
Fertilizante Nitrogenado
Farinha
Farinha de Trigo
Fungo
Doença de Planta
Data Created: 2021-10-07
Appears in Collections:Resumo em anais de congresso (CNPT)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ROMAN-AR-1-PV.pdf1,56 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace