Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1136162
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Clima Temperado - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2020
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: MARTINS, M. B.
MUNHOS, T. F.
VIGHI. V, A.
ROSA, R. F, da
TIMM, C.
ANDRES, A.
THEISEN, G.
Additional Information: MATHEUS BASTOS MARTINS; TALINE FONSECA MUNHOS; VIVIANE AGUILAR VIGHI; RICARDO FERREIRA DA ROSA; CARLOS TIMM; ANDRE ANDRES, CPACT; GIOVANI THEISEN, CPACT.
Title: MANEJO DE Amaranthus hybridus EM ÁREA DE INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA NA REGIÃO SUL DO RIO GRANDE DO SUL.
Publisher: Revista Brasileira de Herbicidas v. 19, n. 04, p. 1-12, out.-dez, 2020.
Language: Portugues
Description: A área cultivada com soja aumentou no Brasil nos últimos anos, assim como sua produção total. No Rio Grande do Sul (RS) o cultivo da leguminosa também mostra crescimento, sendo utilizado na sucessão à pecuária de corte no período frio, modelo de produção que contribui para melhor utilização das áreas durante os 12 meses do ano, contribuindo assim para o incremento da renda do produtor, bem como, quando bem manejado, colaborar no manejo integrado de plantas daninhas. Apesar disso, a presença de plantas daninhas dicotiledôneas de difícil controle como Amaranthus hybridus em lavouras de soja do RS vêm aumentando. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar a eficiência de herbicidas pré- e pós-emergentes, e de diferentes programas de manejo para controle de populações de Amaranthus hybridus. O estudo foi composto por quatro experimentos, dois sob condições controladas em casa de vegetação e dois a campo, em uma propriedade rural no município de Cerrito, RS, que integra a produção de soja com pecuária de corte. Os experimentos evidenciaram que alguns biótipos são tolerantes ao glyphosate e aos herbicidas inibidores de ALS (imazethapyr e chlorimuron-ethyl), e que a utilização dos herbicidas pré-emergentes imazethapyr + flumioxazin, metribuzin, s-metolachlor e sulfentrazone + diuron contribui para o manejo destes biótipos. Verificou-se também que a dessecação do azevém e sua complementação com herbicidas de contato e o uso de pré-emergentes são fatores determinantes para o controle de A. hybridus. Ainda, os resultados apontam que em condições de déficit hídrico, a presença de palha prejudica a eficiência de alguns herbicidas pré-emergentes.
Thesagro: Caruru
Controle Biológico
Data Created: 2021-11-16
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPACT)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Andre-Andres-RBH-734-3489-1-PB.pdf1,12 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace