Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1137726
Title: Plasticidade de componentes do rendimento de grãos em canola.
Authors: GOUVEA, J. A. de
KOVALESKI, S.
DALMAGO, G. A.
CUNHA, G. R. da
SANTI, A.
Affiliation: JORGE ALBERTO DE GOUVEA, CNPT; SAMUEL KOVALESKI, samuel.kovaleski@hotmail.com; GENEI ANTONIO DALMAGO, CNPT; GILBERTO ROCCA DA CUNHA, CNPT; ANDERSON SANTI, CNPT.
Date Issued: 2019
Citation: In: CONGRESSO DA REDE BRASILEIRA DE TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DE BIODIESEL, 7., 2019, Florianópolis. Anais... Florianópolis: CRBTIB, 2019.
Description: Entre as oleaginosas de cultivo anual, a canola (Brassica napus L. var. oleifera) é a segunda cultura em produção de óleo vegetal no mundo, perdendo apenas para a cultura da soja. O óleo de canola é usado como padrão internacional de qualidade de óleos vegetais para uso em biodiesel, sendo, pelo uso como bicombustível e na alimentação humana, uma commoditie com alta demanda mundial. No Brasil, a canola pode integrar diferentes sistemas de produção de grãos, uma vez que utiliza o mesmo parque de máquinas agrícolas das demais culturas anuais, possui zoneamento agrícola para toda a região Sul do Brasil, e para os estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Goiás. A plasticidade é o termo que define a capacidade que as plantas possuem, de modo geral, de ocupar o espaço de cultivo, por meio do aumento da biomassa e da emissão de novas estruturas reprodutivas, e deste modo, fazer melhor uso dos recursos do ambiente. A canola, em função de ser uma espécie de crescimento indeterminado, com longo período de florescimento e maturação, sofre forte modulação nos componentes do rendimento de grãos em função do espaçamento entre linhas utilizado. Bandeira et al. (2013), apontam para melhores rendimentos de grãos uma população mínima de 40 plantas por metro quadrado e um espaçamento ótimo de 17 cm entre linhas. Portanto, para destacar os efeitos da plasticidade da cultura da canola foi realizado um experimento com densidade reduzida de 20 plantas por metro quadrado, semeadas em dois espaçamentos entre linhas, 17 e 51 cm, para avaliar os componentes do rendimento, o rendimento de grãos e outras variáveis fenométricas.
Thesagro: Espaçamento
Keywords: População de plantas
Manejo de cultivos
Language: Portugues
Type of Material: Anais e Proceedings de eventos
Access: openAccess
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPT)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019-PA-VI-PF-Arranjo-Plasticidade-comp-Gouvea-Resumo.pdf414,1 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace