Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1138155
Title: Filoxera-da-videira: biologia, resistência de genótipos, interação com o fungo Dactylonectria macrodidyma e controle químico.
Authors: ANDZEIEWSKI, S.
Affiliation: SIMONE ANDZEIEWSKI, UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS.
Date Issued: 2021
Citation: 2021.
Pages: 131 p.
Description: A filoxera-da-videira Daktulosphaira vitifoliae (Fitch, 1856) é a praga mais importante da viticultura mundial. O inseto se desenvolve tanto na parte aérea (forma galícola) quanto nas raízes (forma radícola) podendo provocar um declínio gradual e aumento da suscetibilidade a fungos de solo culminando com a morte das plantas. Uma das principais estratégias para o controle da praga é o emprego de porta-enxertos resistentes. Este trabalho teve como objetivos: a) avaliar a ocorrência de ovos de inverno da filoxera em mudas de ?Paulsen 1103? a campo; b) conhecer a biologia em raízes de cultivares e calcular a tabela de vida de fertilidade do inseto; c) avaliar a resistência de genótipos de Vitis spp. a filoxera utilizando o método de raízes extirpadas em laboratório; d) estudar a interação de D. vitifoliae com o fungo Dactylonectria macrodidyma e, e) avaliar o efeito de inseticidas químicos na supressão de populações da forma galícola e radícola da filoxera-da-videira. A presença de ovos de inverno da filoxera-da-videira foi registrada em 78% das plantas do porta-enxerto ?Paulsen 1103? amostradas. Nas plantas com a presença de ovos de inverno foi encontrada uma média de 31 ± 6,31 (X±EP) ovos/planta. A filoxera completa o ciclo biológico (ovo a adulto) em raízes lignificadas de ?BRS Lorena?, ?Bordô? e ?Cabernet Sauvignon?, com maior viabilidade do período (90,2%) em raízes de ?Cabernet Sauvignon?. As ninfas não completaram o desenvolvimento em raízes lignificadas de ?Paulsen 1103? e ?Magnólia?. Cultivares com origem ou com cruzamentos com V. vinifera apresentaram maior número de tuberosidades, enquanto que as de origem americana (V. labrusca, V. berlandieri, V. rotundifolia, V. rupestris, V. riparia) apresentaram nodosidades. Dentre as cultivares copa, a maior quantidade de insetos sobreviventes foi registrada em ?Cabernet Sauvignon?. Em contraste, os genótipos ?548-15?, ?Magnólia? e ?1111-21? apresentaram reduzida infestação e sobrevivência de ninfas nas raízes, sendo considerados resistentes à praga. Raízes infestadas com a filoxera e inoculadas com o fungo D. macrodydima resultaram numa maior porcentagem de reisolamento do fungo. No ensaio de controle químico da fase galícola, uma aplicação do inseticida flupiradifurona (Sivanto®Prime 200 SL, 75mL p.c/100L-1 ) proporcionou uma redução de danos de 90% aos 28 DAA, enquanto que para o thiamethoxam (Actara 250 WG®, 40g p.c/100L-1 ), e sulfoxaflor (Closer®SC, 40mL p.c/100L-1 ) foram necessárias 3 e 2 aplicações para obter o mesmo nível de controle, respectivamente. Para a fase radícola, os inseticidas sulfoxaflor 8 (0,3mL/planta) e imidacloprido (Provado 200 SC, 0,7mL/planta) apresentaram os melhores resultados, com 96 e 89% de controle de ninfas + adultos respectivamente, seguidos pela flupiradifurona (0,8mL/planta) com 76%. Conclui-se que a presença de ovos de inverno no tronco de plantas de videira pode ser uma fonte de dispersão da praga. O melhor desempenho biológico do inseto é verificado em raízes de ?Cabernet Sauvignon? enquanto que os genótipos ?548-15? (V. labrusca x V. rotundifolia), ?Magnólia? (V. rotundifolia) e ?1111-21? (V. labrusca x V. rotundifolia) apresentam reduzida infestação da filoxera. Há interação entre a filoxera-da-videira e o fungo D. macrodydima em raízes de ?Cabernet Sauvignon? em laboratório. Os inseticidas flupiradifurona e sulfoxaflor são alternativas aos neonicotinoides para o controle químico da filoxera na cultura da videira. Palavras-chave: Daktulosphaira vitifoliae; parâmetros biológicos; resistência de plantas; declínio e morte de plantas; controle químico.
Thesagro: Controle Químico
NAL Thesaurus: Daktulosphaira vitifoliae
Keywords: Resistência de plantas
Parâmetros biológicos
Declínio e morte de plantas
Language: Portugues
Notes: Tese (Doutorado em Fitossanidade) - Universidade Federal de Pelotas, Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, Programa de Pós-graduação em Fitossanidade. Pelotas: UFPEL, 2021. Orientador: Marcos Botton (CNPUV), Coorientador: Dr. Daniel Bernardi
Type of Material: Teses
Access: openAccess
Appears in Collections:Tese/dissertação (CNPUV)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese-Simone-Andzeiewski3.pdf1,88 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace