Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1138915
Title: Fungicidas foliares na incidência de fungos em grãos ardidos de milho.
Authors: VERSARI, L. R.
CONSTANTINO, E. J.
WRUCK, D. S. M.
Affiliation: LUCAS RODRIGUES VERSARI, UFMT, Sinop-MT; ELVIS JOSEFER CONSTANTINO, UFMT, Sinop-MT; DULANDULA SILVA MIGUEL WRUCK, CPAMT.
Date Issued: 2021
Citation: In: ENCONTRO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIAS AGROSSUSTENTÁVEIS, 5.; JORNADA CIENTÍFICA DA EMBRAPA AGROSSILVIPASTORIL, 10., 2021. Sinop. Resumos... Brasília, DF: Embrapa, 2021. p. 40.
Description: Algumas espécies de fungos causadores de grãos ardidos na cultura do milho podem produzir substâncias tóxicas aos seres humanos e animais, e causar grandes prejuízos econômicos aos produtores. A aplicação de fungicidas foliares na cultura visa melhorar a sanidade de plantas e dos grãos. O objetivo desse trabalho foi avaliar se a aplicação de fungicidas foliares influência na incidência de fungos em grãos ardidos de milho. As amostras de grãos do híbrido DKB390 PRO2 foram colhidas na safra 2019/2020 em uma lavoura de milho no município de Sorriso, MT. Duas pulverizações de fungicidas foram realizadas com os seguintes tratamentos: 1. Testemunha (sem aplicação de fungicida), 2. Trifloxistrobina+Ciproconazol (TC), 3. Piraclostrobina+Mefentrifluconazol (PM), 4. Piaraclostrobina+Fluxapiroxade+Mefentrifluconazol (PFM), 5. Azoxistrobina+Tebuconazol (AT), 6. Piraclostrobina+Epoxiconazol (PE), 7. Azoxistrobina+Ciproconazol (AC), 8. Azoxistrobina+Flutriafol (AF), 9. Picoxistrobina+Ciproconazol (PC), 10. Protioconazol+Trifloxistrobina (PT), 11. Difenoconazol+Ciproconazol (DC), 12. Fluxapiroxade+Piraclostrobina (FP), 13. Bixafem+Protioconazol+Trifloxistrobina (BPT), 14. Azoxistrobina+Benzovindiflupir (AB), 15. Picoxistrobina+Benzovindiflupir (PB) e 16. Azoxistrobina+Difenoconazol+Cloratolonil (ADC). De cada tratamento, foram desinfestados superficialmente 400 grãos ardidos em hipoclorito de sódio a 2,5% por 3 min. Posteriormente foram enxaguados com água estéril e transferidos para caixa gerbox que continha em seu interior papel filtro umedecido com água osmótica estéril. Após 15 dias de incubação em BOD a 25 ± 2 °C, os fungos desenvolvidos sobre os grãos foram identificados com o auxílio de lupa e microscópio ótico. Os dados de incidência de cada espécie fúngica foram expressos em porcentagem e submetidos a análise de variância e teste de Scott-Knott a 5% de probabilidade. A pulverização de fungicidas influenciou negativamente na incidência de fungos em grãos ardidos. Os fungicidas que mais reduziram a incidência de D. macrospora foram (AC) e (DC), e de Fusarium spp. foram os fungicidas (TC), (PC) e (ADC). As menores incidências de D. maydis foram encontradas nos tratamentos 2, 4, 5, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15 e 16. Não foi detectado Penicillium spp. nos tratamentos 1, 2, 7, 12 e 16. Aspergillus spp. foi encontrado apenas nos tratamentos 2, 14 e 15. Os tratamentos fungicidas com as menores incidências de D. macrospora apresentaram as maiores incidências de Fusarium spp.
Thesagro: Fungicida
Fungo
Grão
Milho
Zea Mays
Controle Químico
Fusarium
Diplodia Maydis
Patologia de Semente
Keywords: Sorriso-MT
Language: Portugues
Type of Material: Resumo em anais e proceedings
Access: openAccess
Appears in Collections:Resumo em anais de congresso (CPAMT)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2021-cpamt-dsmw-fungicida-foliar-incidencia-fungos-grao-ardido-milho-p-40.pdf348,93 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace