Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/13961
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Meio Ambiente - Texto para Discussão (ALICE)
Date Issued: 2003
Type of Material: Texto para Discussão (ALICE)
Authors: LIGO, M. A. V.
Additional Information: MARCOS ANTONIO VIEIRA LIGO, CNPMA.
Title: Efeito do manejo da palhada da cana-de-açúcar sobre a dinâmica da matéria orgânica e sua relação com os agregados do solo.
Publisher: 2003.
Pages: 76f.
Language: Portugues
Notes: Tese (Doutorado) - Centro de Energia Nuclear na Agricultura, Universidade de São Paulo, Piracicaba.
Description: Há um consenso que a dinâmica dos agregados do solo exerce um forte controle na dinâmica de C orgânico, e que esta dinâmica é influenciada pelo manejo do solo e dos restos culturais dos agroecossistemas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a distribuição dos agregados estáveis em água e a matéria orgânica associada aos agregados sob dois regimes de manejo da palhada de cana-de-açúcar. Amostras foram coletadas em réplicas, nas profundidades de 0-5, 5-10, 10-15 e 15-20 cm, num experimento com seis anos de duração estabelecido num Latossolo Vermelho distrófico, no município de Morro Agudo, Estado de São Paulo. O experimento em bloco consistiu de 2 tratamentos, com quatro repetições, que diferiram na forma de colheita da cana-de-açúcar: cana colhida manualmente com queima da palhada (CQ) e cana colhida mecanicamente sem queima da palhada (CC). Os agregados foram obtidos pelo peneiramento úmido e classificados em 7 classes de tamanho. Em cada classe de agregados foram avaliados os teores de C e N da matéria orgânica total, particulada (MOP) e associada às frações (silte+argila) A estabilidade dos agregados individuais pelo método turbidimétrico e a macroagregação também foram avaliados. Foi usada a abundância natural de 13 C para comparar a proporção de C derivado da planta C4 e da vegetação natural. A cana crua (CC) não aumentou o estoque da matéria orgânica do solo, em comparação com a cana queimada (CQ), na profundidade de 0-20 cm, num período de seis anos. A maior participação de macroagregados ocorreu na cana crua (CC), devido principalmente a uma maior participação da classe > 2 mm. Os teores de C e N total, C e N mi, C e N-MOP entre as classes de agregados não demonstraram uma organização hierárquica dos agregados. A participação de C proveniente da planta C4 nas diferentes classes de agregados não refletiu os índices de estabilidade de agregados medidos pelo método turbidimétrico. Os resultados de 'delta' 13 C nos manejos da palhada da cana-de-açúcar demonstraram que os microagregados apresentam uma taxa de ciclagem comparável ao dos macroagregados.
Thesagro: Cana de Açúcar
Carbono
Manejo do Solo
Matéria Orgânica
Solo
Data Created: 2004-04-29
Appears in Collections:Texto para Discussão (CNPMA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2003TS-Ligo-efeito-5051.pdf84,7 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace