Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/15395
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Meio Ambiente - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 15-Mai-2007
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: SPESSOTO, A. M.
MELO, I. S. de
FERRACINI, V. L.
Informaçães Adicionais: A. M. SPESSOTO, Departamento de Genética/UFSCar; ITAMAR SOARES DE MELO, CNPMA; VERA LUCIA FERRACINI, CNPMA.
Título: Behavior of the fungicide Metalaxyl in some Brazilian sandy and clayey soils.
Edição: 2006
Fonte/Imprenta: Pesticidas: Revista de Ecotoxicidade e Meio Ambiente, Curitiba, v. 16, p. 13-20, jan./dez. 2006.
Idioma: en
Palavras-chave: Microorganismo
Mobilidade
Degradação
Comportamento.
Conteúdo: In this study high pressure liquid chromatography (HPLC) was used to measure the adsorption coefficients (Kd) and degradation of metalaxyl added to four different Brazilian soils at concentrations of 0.003 and 0.03 g Kg-1. Previous in vitro studies have shown that soil microorganisms can degrade N-(2,6- dimethylphenyl)-N-(2-methoxyacetyl)-alanine methyl ester (metalaxyl), a fungicide used in agriculture to control diseases caused by fungi from the order Peronosporales. The results showed that metalaxyl was not degraded in autoclaved soils during the timecourse of the experiments. The HPLC results indicated that at both concentrations the Kd values were highest and more metalaxyl was degraded in clayey soils than in the other types of investigated soils. It appears that the behavior of metalaxyl in soils differs depending on the application rate, soil characteristics and level of microbial activity. Utilizou-se a cromatografia a líquido de alta eficiência (CLAE) para quantificar o coeficiente de adsorção (Kd) e a degradação do metalaxil suplementado em quatro diferentes solos brasileiros nas concentrações de 0,003 e 0,03 g Kg-1. Os resultados mostraram que o metalaxil não foi degradado em solos autoclavados durante o período de avaliação. Estudos preliminares ?in vitro? têm demonstrado que microrganismos do solo podem degradar N-(2,6-dimetilfenil)-N-(2-metoxiacetil)-alanina metil éster (metalaxil), fungicida usado na agricultura para o controle de doenças causadas por fungos da ordem dos Peronosporales. Os resultados da avaliação por CLAE revelaram (em ambas as concentrações testadas do fungicida) altos valores de Kd e maior degradação de metalaxil nos solos argilosos que nos demais tipos de solos investigados. Esses dados evidenciaram que o comportamento do metalaxil em solos varia conforme as taxas de aplicação, características do solo e atividade microbiana.
Thesagro: Fungicida
Adsorção
Matéria orgânica
Biodegradação
Solo Tropical.
Ano de Publicação: 2006
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPMA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2006AP030.pdf71,92 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace