Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/157648
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Semiárido - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 19-Set-2006
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: GALVÍNCIO, J. D.
SOUSA, F. de A. S.
MOURA, M. S. B. de
Informaçães Adicionais: JOSICLÉDA DOMICIANO GALVÍNCIO, Professora da UFPE; FRANCISCO DE ASSIS SALVIANO DE SOUSA, Professor da UFCG; MAGNA SOELMA BESERRA DE MOURA, CPATSA.
Título: Extremo máximo de precipitação no Estado da Paraíba.
Edição: 2005
Fonte/Imprenta: Revista de Geografia, Recife, v. 22, n. 2, p. 55-66, jul./dez. 2005.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Precipitação máxima
Paraíba.
Conteúdo: A precititação máxima provável (PMP) no Estado da Paraíba usando a t[ecnica de Hersfield (1961) foi estimada utilizando dados anuais de precipitação máxima de 1 dia para o período de 33 a 75 anos, obtidos em 72 postos. Neste artigo, foram analisados os dados precipitação anual para períodos de 1 dia no Estado da Paraíba baseado em um fator de freqüência K igual 6. Baseado nos dados de precipitação obtidos nas estações, o maior valor de freqüência obtido foi 60%, com a precipitação máxima diária variando de 51 a 100 mm. A freqüência de 60% foi usada em seguida para estimar os valores de PMP para 24 horas, nos 72 postos. Usando esses valores de PMP estimados foi elaborado um mapa com a distribuição espacial da PMP de 24 horas. Foi observado que a PMP de 24 horas sobre o Estado da Paraíba variu de 177 para 443 mm. O mapa de PMP é considerado importante para determinar valores confiáveis e consistentes de PMP para o Estado da Paraíba, e pode ser usado na eleboração de projetos de estruturas hidráulicas, especialmente na construção de pequenos e grandes reservatórios de água, como barragens, represas, etc.
Thesagro: Vazão.
Ano de Publicação: 2005
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CPATSA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Magnacpatsa1.pdf4,73 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace