Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/160903
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Semiárido - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 17-Mar-2008
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: CAVALCANTI, N. de B.
RESENDE, G. M. de
ARAUJO, F. P. de
REIS, E. M.
BRITO, L. T. de L.
OLIVEIRA, C. A. V.
Informaçães Adicionais: NILTON DE BRITO CAVALCANTI, CPATSA; GERALDO MILANEZ DE RESENDE, CPATSA; FRANCISCO PINHEIRO DE ARAUJO, CPATSA; ELIAS MOURA REIS, CPATSA; LUIZA TEIXEIRA DE LIMA BRITO, CPATSA; CARLOS ALBERTO VASCONCELOS OLIVEIRA, CPATSA.
Título: Fontes de renda dos pequenos agricultores no semi-árido do Nordeste brasileiro.
Edição: 2000
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO MUNDIAL DE SOCIOLOGIA RURAL, 10.; CONGRESSO BRASILEIRO DE ECONOMIA E SOCIOLOGIA RURAL, 38., 2000, Rio de Janeiro, RJ. Anais... Campinas: UNICAMP; Auburn: IRSA; BrasÍIia, DF: SOBER, 2000.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Umbu
Imbuzeiro
Extrativismo
Pequenos agricultor
Agricultura familiar
Renda
Conteúdo: Na região semi-árida do Nordeste brasileiro, as fontes de renda das quais dependem a maioria dos pequenos agricultores, está fundamentada na produção agrícola e na pecuária. A agricultura é constituída, basicamente do cultivo de feijão e milho, destinados em sua maior parte para à subsistência das famílias rurais e a pecuáriaBé caracterizada, principalmente, pela criação de bovinos, caprinos e ovinos em sistemas de pastejo ultra-extensivos, na caatinga, sem práticas zootécnicas ou sanitárias. Esses métodos de cultivo e de exploração utilizados pelos agricultores, não têm contribuído para o aumento da produtividade e, consequentemente, para melhoria das condições de vida desses agricultores. O objetivo deste estudo foi identificar as principais fontes de renda dos pequenos de duas comunidades do semi-árido do Nordeste brasileiro. O trabalho foi realizado nas comunidades de Lagoa do Rancho e Fazenda Saco, localizadas nos municípios de Uauá e Jaguarari (BA) no ano de 1998. As variáveis analisadas foram as seguintes: a) renda obtida com a venda de imbu; b) renda da agricultura; c) renda da pecuária; d) renda da venda de mão-de-obra; e) renda total dos agricultores. Os resultados obtidos demonstraram que a renda proveniente da venda do imbu e da venda de mão-de-obra, são as mais significativa na composição da renda familiar no semi-árido do Nordeste brasileiro.
Thesagro: Umbu
Ano de Publicação: 2000
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CPATSA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
OPB1722.pdf250,59 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace