Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/300359
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Florestas - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2003
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: ANDRADE, G. de C.
SILVA, H. D. da
BELLOTE, A. F. J.
FERREIRA, C. A.
Additional Information: ANDRADE, SILVA, BELLOTE e FERREIRA, pesquisadores da Embrapa Florestas.
Title: Efeitos da adubação fosfatada e da aplicação de resíduo de celulose no crescimento de Eucalyptus dunnii.
Publisher: Boletim de Pesquisa Florestal, n. 47, p. 43-54, jul./dez. 2003.
Language: pt_BR
Keywords: Eucalyptus dunnii
Fertilização
Produtividade da madeira.
Description: No Brasil, os plantios de árvores de rápido crescimento, principalmente espécies de Eucalyptus e de Pinus , representam uma oferta de milhares de empregos e significativa contribuição ao PIB. Do ponto de vista ambiental, contribuem para reduzir a pressão sobre as florestas nativas, concorrendo assim para a sua preservação e a dos recursos naturais nelas existentes. Esses povoamentos florestais, implantados na sua maioria em solos de baixa fertilidade, apresentam altas taxas de crescimento, necessitando de quantidades significativas de água e nutrientes do solo, o que causa preocupações com a sustentabilidade desses sistemas e com a necessidade de reposição futura de nutrientes. A utilização de resíduos para esta finalidade é considerada prioritária. Neste trabalho foram avaliados os efeitos da fertilização mineral e da aplicação de resíduo da indústria de celulose no crescimento de árvores de E. dunnii , em ensaio com delineamento fatorial, combinando 4 doses de fósforo (0; 28; 56 e 112 g de P 2 O 5 /planta) com 5 doses de resíduo (0; 10; 20; 40 e 80 t/ha). O plantio foi realizado na região de Ponta Grossa – PR, utilizando-se o espaçamento de 3 X 2 m entre plantas, em LATOSSOLO VERMELHO-AMARELO, solos de baixa fertilidade, característicos dos campos gerais do Estado do Paraná. A adubação com fósforo ocorreu no sulco, no momento do plantio, e o resíduo foi aplicado 10 meses após o plantio, a lanço, em toda a parcela, e incorporado ao solo mecanicamente, com enxada rotativa. Os resultados obtidos aos seis anos de idade permitem concluir que o E . dunnii respondeu isoladamente à adubação fosfatada e à aplicação de resíduo de celulose, em volume cilíndrico arbóreo, com ganhos em volume com relação à testemunha, de 38% a 61%, da menor para a maior dose de fósforo aplicada, e entre 20% e 40% para os níveis de resíduo testados. Estas respostas também ocorreram nas diferentes combinações de doses de fósforo com os níveis de resíduo, sendo todas superiores à testemunha, em volume cilíndrico de madeira, de 52% a 92%.
Thesagro: Fósforo
Nutriente
Reflorestamento.
Data Created: 2004-07-02
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPF)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
pag4354.pdf107,77 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace