Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/303509
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Florestas - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 13-Set-2007
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: BARETTA, D.
BROWN, G. G.
JAMES, S. W.
CARDOSO, E. J. B. N.
Informaçães Adicionais: Dilmar Baretta, USP/ESALQ; George Gardner Brown, Embrapa Florestas; Samuel Wooster James, University of Kansas; Elke Jurandy Bran Nogueira Cardoso, USP/ESALQ.
Título: Earthworm populations sampled using collection methods in atlantic forests with Araucaria angustifolia.
Edição: 2007
Fonte/Imprenta: Scientia Agricola, Piracicaba, v. 64, n. 4, p. 384-392, July/Aug. 2007.
Idioma: en
Palavras-chave: Araucaria angustifolia
Oligochaeta
Biodiversidade
Queima
Espécie nativa
Espécie exótica
Bioindicador
Conteúdo: Araucaria angustifolia, também conhecida como Pinheiro do Paraná é uma espécie de árvore ameaçada de extinção no Brasil e pouco se conhece sobre a diversidade de invertebrados que habitam os solos destas florestas. O presente estudo teve o objetivo de avaliar, em florestas com araucária naturais e reflorestadas impactadas ou não pela queima acidental, a diversidade e a biomassa de minhocas, além de identificar o método mais eficiente para coletar estes animais. As áreas estudadas incluem: floresta nativa com araucária (NF); reflorestamento de araucária (R); reflorestamento de araucária submetido a incêndio acidental (RF); e campo nativo com araucárias nativas e ocorrência de incêndio (NPF). Em cada floresta, cinco amostras de solo para avaliação da comunidade de minhocas foram coletadas em 0,3 ha, perto de cinco árvores de araucária selecionadas ao acaso. Foram testados três métodos: aplicação de Formol diluído (0,5%) na superfície do solo; escavação e triagem manual de monólitos pequenos (25 ´ 25 cm) ou maiores (40 ´ 40 cm). Foram encontradas cinco espécies de minhocas, as nativas Glossoscolex sp.1, Glossoscolex sp.2, Glossoscolex bondari e Urobenus brasiliensis (Glossoscolecidae), e a exótica Amynthas corticis (Megascolecidae). Formol foi mais eficiente para coletar A. corticis espécie encontrada em maior abundância e biomassa fresca total em NF do que nas outras áreas. A triagem manual de amostras de solo maiores foi mais eficiente para capturar as espécies de Glossoscolex, presentes principalmente em RF e NPF. Formol e a triagem manual de monólitos maiores são recomendados para caracterizar a abundância e biomassa de minhocas nas florestas com araucárias.
Ano de Publicação: 2007
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPF)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
08.pdf4,09 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace