Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/304723
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Florestas - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 14-Ago-2008
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: BARBOSA, L. R.
CARVALHO, C. F. de
SOUZA, B.
AUAD, A. M.
Informaçães Adicionais: Leonardo Rodrigues Barbosa, Embrapa Florestas; César Freire de Carvalho, UFLA; Brígida Souza, UFLA; Alexander Machado Auad, Embrapa Gado de Leite.
Título: Eficiência de Chrysoperla externa (Hagen, 1861) (Neuroptera: Chrysopidae) no controle de Myzus persicae (Sulzer, 1776) (Hemiptera: Aphididae) em pimentão (Capsicum annum L.).
Edição: 2008
Fonte/Imprenta: Ciência e Agrotecnologia, Lavras, n. 32, n. 4, p. 1113-1119, jul./ago. 2008.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Capsicum annum
Crispídeo.
Conteúdo: Avaliou-se a eficiência de larvas de primeiro ínstar de Chrysoperla externa no controle Myzus persicae em pimentão, em experimentos realizados em câmara e sala climatizadas a 25 ± 1ºC, UR de 70 ± 10% e fotofase de 12 horas. Larvas de C. externa recémeclodidas foram liberadas em discos foliares, contendo 5; 10 ou 20 ninfas do afídeo, acondicionados em placas de Petri. Em um segundo experimento, larvas do predador foram liberadas nas proporções 1:5, 1:10 e 1:20, em plantas inoculadas com 60; 100 e 140 ninfas do pulgão. O potencial predatório de C. externa nos discos foliares foi influenciado pela densidade inicial do pulgão. A eficiência do predador nas densidades de 5; 10 e 20 pulgões foi de 100%; 96,7% e 79,3%, respectivamente. A eficiência das larvas em eliminar as populações do pulgão nas plantas de pimentão variou em função do tempo. Na proporção 1:5, a eliminação das ninfas ocorreu entre um e dois dias após a liberação do predador, enquanto nas proporções 1:10 e 1:20 o período de quatro dias não foi suficiente para que os pulgões fossem eliminados. As larvas de C. externa quando liberadas nas três proporções promoveram reduções na população de M. persicae, se comparada à testemunha. No entanto, nas proporções 1:5 e 1:10 o predador se mostrou mais eficiente.
Thesagro: Controle Biológico
Myzus Persicae
Pimentão
Praga
Pulgão.
NAL Thesaurus: Chrysoperla externa.
Ano de Publicação: 2008
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPF)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
a12v32n4.pdf71,58 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace