Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/305562
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Florestas - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 4-Jan-2008
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: WENDLING, I.
GUASTALA, D.
DOMINGOS, D. M.
Informaçães Adicionais: Ivar Wendling, Embrapa Florestas; Daniel Guastala, UNICENTRO; Danilo Martins Domingos, UNICENTRO.
Título: Substratos para produção de mudas de erva-mate em tubetes plásticos.
Edição: 2006
Fonte/Imprenta: Boletim de Pesquisa Florestal, Colombo, n. 52, p. 21-36, jan./jun. 2006.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Ilex paraguariensis
Erva mate
Muda
Produção
Propagação vegetativa
Viveiro
Conteúdo: O uso de substratos com boa eficiência e baixo custo constitui importante fator para a produção de mudas de espécies florestais. Neste sentido, o presente trabalho objetivou avaliar diferentes materiais e suas combinações como substratos para a produção de mudas de erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hil.) em tubetes plásticos. O trabalho foi conduzido no viveiro da Empresa Baldo S.A. em São Mateus do Sul - PR. Foram utilizados seis materiais: esterco bovino curtido, serragem semidecomposta, palito de erva-mate picado, terra de subsolo, substrato comercial à base de casca de pinus e húmus de minhoca, com os quais foram formulados 14 tratamentos. Foram avaliadas a mortalidade das mudas aos 15 e 30 dias após a repicagem e, aos seis meses, o diâmetro do coleto, a altura, a facilidade de retirada das mudas do tubete e a agregação das raízes ao substrato. Foi avaliado também o tempo gasto em horas para a limpeza de plantas invasoras nas mudas de cada tratamento até seis meses após a repicagem. Os resultados indicaram que os tratamentos que continham serragem, palito de erva-mate e, principalmente, esterco bovino, além de serem mais econômicos, mostraram bons resultados na qualidade das mudas produzidas. Entretanto, dentre todos os substratos testados, aquele formado por esterco bovino e serragem semidecomposta (proporção 2:3) destaca-se em vista de ter somente dois componentes, resultando em maior facilidade de preparo, aliado ao baixo custo de obtenção e boa qualidade das mudas obtidas.
Ano de Publicação: 2006
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPF)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
BPF52p2136.pdf464,89 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace