Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/305894
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Florestas - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2001
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: SILVA, H. D. da
BELLOTE, A. F. J.
FERREIRA, C. A.
BOGNOLA, I. A.
Additional Information: Pesquisadores da Embrapa.
Title: Recomendação de solos para Araucaria angustifolia com base nas suas propriedades físicas e químicas.
Publisher: Boletim de Pesquisa Florestal, Colombo, n. 43, p. 61-74, jul./dez. 2001.
Language: pt_BR
Description: A Araucaria angustifolia, o pinheiro do Paraná, é uma espécie nativa que foi intensamente explorada na região sul do Brasil. Apesar da boa alta qualidade da sua madeira a área reflorestada com a espécie é relativamente pequena e são poucos os reflorestamentos com a espécie. Além da preferência da araucária por solos de alta fertilidade, pode-se atribuir à falta de informações silviculturais específicas para cada sítio, o desinteresse pelo plantio e a pequena área reflorestada com a espécie. A A. angustifolia ocorre sobre diversos tipos de solos, desde os menos férteis, como os derivados de arenitos, como exemplo a região dos Campos Gerais, até os mais férteis, derivados de basalto, no sudoeste do Paraná e oeste de Santa Catarina. Este trabalho, teve como objetivo a seleção de solos aptos ao reflorestamento da A. angustifolia, tomando como base as exigências da espécie com relação às características físicas e químicas do solo. Para tanto, reuniu-se informações sobre o seu comportamento silvicultural e produtividade em diferentes classes de solos. O resultado, foi uma proposta de uso do solo para plantios com araucaria, considerando o potencial produtivo dos solos, a saber: 1) Solos com alto potencial produtivo, envolvendo os LATOSSOLOS VERMELHOS Distroférricos, variações LRd3, LRd4, LRd5, LRd6, LRd7, LRa1, LRa2, LRa3 e LRa6, e NITOSSOLOS VERMELHOS Eutroférricos, variações TRe5 e TRe6; 2) Solos com médio potencial produtivo, envolvendo os NITOSSOLOS VERMELHOS Distroférricos, variações TRd1, TRd2, TRd3 e TRd5, e os NITOSSOLOS HÁPLICOS Distroférricos ou Eutroférricos, variações TBd1, TBd2, TBe1 e TBe2; 3) Solos com baixo potencial produtivo, envolvendo os NEOSSOLOS LITÓLICOS Eutróficos, nas variações Re5, Re7 e Re11; e 4) Solos sem aptidão para Araucaria angustifolia, como os GLEISSOLOS HÁPLICOS (HG1).
Thesagro: Araucária Angustifólia
Espécie Nativa
Pinheiro do Paraná
Solo.
Data Created: 2002-05-21
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPF)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
silva.pdf48,75 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace