Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/307876
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Florestas - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 14-Ago-2009
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: NICKELE, M. A.
REIS FILHO, W.
OLIVEIRA, E. B. de
IEDE, E. T.
Informaçães Adicionais: Mariane Aparecida Nickele, UFPR; Wilson Reis Filho, EPAGRI; EDILSON BATISTA DE OLIVEIRA, CNPF; EDSON TADEU IEDE, CNPF.
Título: Densidade e tamanho de formigueiros de Acromyrmex crassispinus em plantios de Pinus taeda.
Edição: 2009
Fonte/Imprenta: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 44, n. 4, p. 347-353, abr. 2009.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Formiga cortadeira
Formicidae
Praga florestal
Reflorestamento
Leaf-cutting
Ant
forest pests
Reforestation
Conteúdo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a densidade e o tamanho dos formigueiros de Acromyrmex crassispinus, ao longo do ano, em plantios de Pinus taeda de diferentes idades. Os experimentos foram realizados, em Rio Negrinho e em Três Barras, SC, em talhões de P. taeda com diferentes idades (recém-plantado, três anos e seis anos de idade). Em cada tratamento, foram demarcadas três parcelas de 1 ha. Os formigueiros foram classificados em três classes de tamanho: classe I, até 30 cm de diâmetro; classe II, 31 a 60 cm; e classe III, mais que 61 cm. A densidade de formigueiros de A. crassispinus foi menor no início do desenvolvimento da floresta, praticamente duplicou nos plantios com três anos, e reduziu quando a floresta estava com seis anos. A maior densidade de formigueiros ocorreu no período de dezembro a abril. Os formigueiros aumentaram de tamanho com a idade do pínus
Ano de Publicação: 2009
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPF)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
44n04a03.pdf293,32 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace