Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/339793
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Solos - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2008
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: MOURA, P. M. de
SILVA, M. S. L. da
GOMES, T. C. de A.
OLIVEIRA, E. D. de
LIMA, P. A.
Additional Information: Patrícia Maia de Moura, UFPE; MARIA SONIA LOPES DA SILVA, CNPS; TAMARA CLAUDIA DE ARAUJO GOMES, CPATC; Elton Dantas de Oliveira, Emater-RN; Priscila Alves Lima, UFPE.
Title: Avaliação de atributos químicos em solos cultivado com uva no Vale do São Francisco.
Publisher: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 17., 2008, Rio de Janeiro. Manejo e conservação do solo e da água no contexto das mudanças ambientais. Rio de Janeiro: SBCS: Embrapa Solos: Embrapa Agrobiologia, 2008. (Embrapa Solos. Documentos, 101).
Pages: 4 p.
Language: pt_BR
Keywords: fertilizantes químicos
manejo de solo.
Description: Este trabalho foi desenvolvido com objetivo de analisar as alterações químicas de dois solos (Luvissolo Hipocrômico Órtico - L1 e um Argissolo Amarelo Eutrófico - L2) cultivados com uva visando a produção de vinho.As análises químicas constituíram-se de determinações dos teores de carbono orgânico, nitrogênio total, potássio, cálcio, magnésio e fósforo disponíveis, alumínio trocável e pH. O delineamento experimental foi em blocos casualizado, com dois tratamentos, lote (L1) e (L2) foram coletadas amostras de solo nas profundidades de 0-10 e 10-20 e 20-40 cm, com seis repetições. Os resultados da análise química das amostras de solo coletadas nos dois ambientes considerados evidenciam as alterações químicas proporcionadas pelo intenso uso de fertilizantes e corretivos empregado na condução das videiras durante os treze anos de uso do Lote 1.O desempenho produtivo das videira do lote (L1) pode ter sido afetado pela alta CE média igual a 2,30 dS.m-1 enquanto o lote (L2) apresentou uma menor CE igual a 0,45 dS.m-1 . O decréscimo de produtividade do vinhedo (L1), parece estar sendo proporcionado por desequilíbrios entre os teores dos cátions, excesso de fósforo e alta condutividade elétrica proporcionada pelo uso excessivo de fertilizantes e corretivos.Em ambos os lotes (L1 e L2) é preciso um manejo adequado do uso de fertilizantes.
Thesagro: Vitis Vinifera.
Data Created: 2009-02-03
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
trab5225711.pdf109,49 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace