Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/339837
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Solos - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 12-Fev-2009
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: BETTA, M.
OLIVEIRA, D. D. de
FERREIRA FILHO, S. M.
CASTRO, D. da S.
ARAÚJO, E. A. de C.
SIMON, G.
BENITES, V. M.
Informaçães Adicionais: Marconi Betta, Universidade de Rio Verde; Deivite Domingos de Oliveira, Universidade de Rio Verde; Silvio Marcos Ferreira Filho, Universidade de Rio Verde; Deivide da Silva Castro, Universidade de Rio Verde; Elza Aparecida de Campos Araújo, Universidade de Rio Verde; Gustavo Simon, universidade de Rio Verde; VINICIUS DE MELO BENITES, CNPS.
Título: Efeito da Brachiaria ruziziensis sobre a ciclagem do P, K e produtividade da soja.
Edição: 2008
Fonte/Imprenta: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 17., 2008, Rio de Janeiro. Manejo e conservação do solo e da água no contexto das mudanças ambientais. Rio de Janeiro: SBCS: Embrapa Solos: Embrapa Agrobiologia, 2008. (Embrapa Solos. Documentos, 101).
Páginas: 4 p.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: fertilizantes.
Conteúdo: O uso de Brachiaria ruzizienses para a formação de palhada em sistema de plantio direto tem se expandido no Cerrado. Essa cobertura além de proteger o solo contra a erosão, representa uma importante fonte de nutrientes. O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial da Brachiaria ruzizienses como cicladora de fósforo e potássio e seu efeito sobre a produtividade de soja (Glycine Max). O experimento foi inteiramente casualizado com três tratamentos: Solo sem palhada e sem adubação; com palhada de braquiária e sem adubação mineral; e com palhada de braquiária e adubação mineral (500kg 02-23-10). A brachiária foi semeada em dezembro/2006 e dessecada no inicio de outubro/2007, quando foi plantada a soja. A palhada foi pesada e retirada amostra para análise de fósforo e potássio. A braquiária produziu em média 12,3 t ha-1 de matéria seca, atingindo 19,8 t ha-1. Na palhada foram encontrados em média 25,1 e 33,1 Kg ha-1, de P2O5 e K2O, respectivamente, sendo que em alguns casos, foram encontradas quantidades superiores à extraída pela soja. Mesmo com os altos teores de nutrientes contidos na palhada, observou-se resposta positiva da soja ao uso de fertilizante. Contudo o acréscimo de produtividade é superior ao custo do tratamento.
Thesagro: Biomassa
Palhada.
Ano de Publicação: 2008
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CNPS)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
trab3827633.pdf88,03 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace