Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/350748
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Amapá - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 5-Mai-2008
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: PEREIRA, L. A.
CESARINO, F.
QUEIROZ, J. A. L. de
CARVALHO, A. C. A. de
VIEIRA, A. R. R.
Informaçães Adicionais: LUCIANO ARAÚJO PEREIRA, IEPA; FABIANO CESARINO, IEPA; JOSE ANTONIO LEITE DE QUEIROZ, CPAF-AP; ANTONIO CLAUDIO ALMEIDA DE CARVALHO, CPAF-AP.
Título: Estudo do conhecimento local sobre manejo do cipó-titica (Heteropsis flexuosa (H. B. K.) G. S. bunting) araceae, efetuado pelos coletores de cipós do Estado do Amapá.
Edição: 2005
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO NACIONAL DE BOTÂNICA, 56., 2005, Curitiba. Resumos... Curitiba: Sociedade Botânica do Brasil: Universidade Federal do Paraná, 2005.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Cipo-titica
Conteúdo: O estudo do conhecimento local transmitido por uma comunidade é uma tarefa importante para a compreensão do manejo das espécies por elas utilizadas. A estes conhecimentos denominamos o corpus e a práxis dos produtores rurais, que acumulam- se e transformam-se com o passar do tempo, em práticas passadas de pai para filho, definindo o manejo e as práticas das comunidades locais. Sabe-se que o cipó-titica é uma é uma liana escandente, hemiepífita, sendo uma das principais espécies de cipós coletadas. O IEPA, juntamente com a Embrapa-AP, vem desenvolvendo um projeto sobre o uso e coleta de cipó-titica, as espécies denominadas como cipó-titica, bem como analisando a relevância que o conhecimento tradicional possui nas práticas de extração. A pesquisa foi realizada a partir de entrevistas semi-lestruturadas, localizados na Rodovia Perimetral Norte, entre os municípios de Porto Grande e Pedra Branca do Amapari (Amapá) e através de coletas botânicas na região em estudo. Foi possível observar que existe uma tecnologia de manejo tradicional do cipó-titica, que tem sido repassada e socializada entre coletores de cipós nos últimos anos. Nota-se também, uma diferença do manejo praticado entre agroextratores e extratores, pois os agroextratores, além de selecionarem os tipos de cipós que coletam, observam a periodicidade e a sazonalidade da extração, bem como a quantidade de cipós coletados por árvore. Essas práticas, quando tradicionais, contribuindo para a manutenção das espécies de cipó-titica na região, possibilitando a manutenção da floresta em pé. As espécies observadas foram: Heteropsis flexuosa (H.B.K) GS Bunting; H. spruceana Schott; H. steyermarkii G.S. Bunting; H. linearis A.C. Sm. e H. tenuispadix G.S. Bunting. Diante dos dados coletados, sugere-se maior investimento na preparação dos extratores da região, visando um manejo sustentado dessa espécie no Estado, bem como, maior aprofundamento do conhecimento botânico dessa planta
Ano de Publicação: 2005
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CPAF-AP)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AP2005estudosconhecimentomanejocipotiticaamapa.pdf663,24 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace