Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/42499
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Pecuária Sudeste - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 9-Nov-1995
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: MANZANO, A.
CARVALHO, R. T. L. de
Informaçães Adicionais: EMBRAPA-UEPAE de São Carlos. São Carlos, SP.
Título: Comparação entre os coeficientes de digestibilidade da matéria seca e dos nutrientes de uma ração completa peletizada e araçoamento tradicional em eqüinos.
Edição: 1977
Fonte/Imprenta: In: REUNIAO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA,14., 1977, Recife. Anais...Recife : SBZ, 1977. p.140.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Coeficientes
Racao peletizada
Arraçoamento tradicional
Eqüinos.
Conteúdo: Pesquisa realizada na EMBRAPA-UEPAE de São Carlos. Objetivo de comparar uma ração completa peletizada com o arraçoamento tradicional através da digestibilidade aparente da matéria seca e dos nutrientes das respectivas rações utilizada 14 fêmeas em crescimento, 5 puras da raça Árabe, 7 Árabe por cruzamento e 2 mestiças (15/16), com idade media de 29 meses e peso médio de 255 kg. A comparação entre as medias dos tratamentos, foi feita de acordo com o delineamento de dados emparelhados com sete pares, selecionados através do peso e idade. Sete animais receberam uma racao completa peletizada(RCP), constituída de 60% de feno de alfafa, 34% de milho e 6% de farelo de soja. Essa racao dividida em três porções semelhantes era fornecida diariamente. Os outros sete animais no arrocoamento tradicional (AT), recebiam os mesmos alimentos e nas mesmas proporções, sendo o concentrado na forma farelada e o feno de alfafa. Os coeficientes de digestibilidade medios para RCP e AT foram determinados utilizando-se método convencional (coleta total de fezes), durante 7 dias, obtendo-se os seguintes dados para os respectivos tratamentos: Matéria seca (62,89%-62,47%'); Proteína bruta (67,39% -67,75%); fibra bruta (33,02% - 36,165); extrato eterio(40,91% - 40,21%) e extrativo não nitrogenado (80,33% - 80,08%). Os resultados obtidos não mostraram diferenças estatísticas entre os dois métodos de alimentação. Sendo assim, constatou-se que a forma física não afetou os coeficientes de digestibilidade da matéria e dos nutrientes das rações.
Thesagro: Digestibilidade.
Ano de Publicação: 1977
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CPPSE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
digitalizar0012.pdf361,6 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace