Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/444609
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Soja - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 11-Nov-2003
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: MANDARINO, J. M. G.
MARIN, S. R. R.
FRANÇA-NETO, J. B.
Informaçães Adicionais: JOSE MARCOS GONTIJO MANDARINO, CNPSO; JOSE DE BARROS FRANCA NETO, CNPSO.
Título: Desenvolvimento de metodologia para extração e caracterização de inibidores de trpsina presentes na soja, pela técnica de eletroforese em gel de poliacrilamida.
Edição: 1997
Fonte/Imprenta: Informativo ABRATES, Curitiba, v. 7, n. 1/2, p. 46, jul;/ago. 1997. Número especial, ref. 025.
Idioma: pt_BR
Notas: Edição do X Congresso Brasileiro de Sementes, 1997.
Conteúdo: RESUMO - A qualidade nutricional das proteínas da soja é inversamente proporcional ao teor de inibidores de tripsina presente em suas sementes. Assim sendo, a análise qualitativa que evidencia a presença ou ausência desse fator antinutricional é de extrema importância para um programa de melhoramento genético que vise a obtenção de cultivares com baixos teores ou até isentos desses compostos. O objetivo foi desenvolver metodologia, não destrutiva, para extração dos inibidores de tripsina presentes nas sementes de soja e metodologia de análise, pela técnica de eletroforese, em gel de poliacrilamida, para evidenciação da presença ou ausência, desses compostos, nas sementes. Para a extração dos inibidores de tripsina foram estudados diferentes sistemas, onde as variáveis observadas foram: tempo de extração; sistema de extração; soluções extratoras e pH. Para o desenvolvimento da metodologia de análise eletroforética, foram testados diferentes tampões de corrida e concentrações de gel separador. Foram analisadas sementes das linhagens provenientes de cruzamentos que envolviam genótipos com ausência do inibidor de tripsina Kunitz e, como testemunha foi utilizada a cultivar BR-16. A evidenciação e comprovação da presença ou ausência dos inibidores de tripsina nos extratos das sementes analisadas, deu-se através da comparação, nos géis, entre os Rfs das bandas do inibidor de tripsina padrão e os Rfs das bandas dos inibidores presentes nos extratos das sementes analisadas . O sistema que apresentou a melhor performance para a extração dos inibidores de tripsina e sua posterior separação e caracterização foi com tampão tris-HCI pH 8,5 (0,5M); o processo de agitação manual periódica por uma hora foi suficiente para extrair os inibidores de tripsina presentes nas sementes analisadas; na análise eletroforética dos extratos, a concentração do gel separador que apresentou melhor eficiência para separação dos inibidores de tripsina foi 15,0%; o tampão que apresentou a melhor performance de corrida foi aquele composto de trisma (0,25M) e glicina (1,92M) pH 8,3.
Thesagro: Soja.
Ano de Publicação: 1997
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CNPSO)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ID224400001.pdf282,52 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace