Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/444624
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Soja - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 5-Mai-1992
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: FRANCA NETO, J. de B.
POTTS, H.C.
Informaçães Adicionais: EMBRAPA-CNPSo. Londrina, PR.
Título: Efeitos da colheita mecanica e da secagem artificial sobre a qualidade da semente dura em soja.
Edição: 1979
Fonte/Imprenta: Revista Brasileira de Sementes, Brasilia, v.1, n.2, p.64-77, 1979.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Soja
Colheita
Qualidade
Secagem
Semente dura
Dano mecanico
Deterioracao
Soybean
Harvesting
Hard seed
Physical damage
Drying
Field deterioration
Quality
Conteúdo: Este estudo foi realizado em Mississippi, EUA, no ano de 1977, visando comparar os efeitos da colheita mecanica e da secagem artificial sobre a qualidade de semente de soja com tegumentos permeavel (cultivar "Dare") e impermeavel (linhagem de melhoramento D-1). As sementes foram colhidas manual e mecanicamente em duas epocas: a primeira, quando a umidade da semente atingiu o teor de aproximadamente 18%, e a segundo, quatro semanas apos. A semente colhida mecanicamente, na primeira data, foi utiizada nos estudos de secagem. Os resultados de testes de germinacao, TZ, envelhecimento precoce e da avaliacao de danos mecanicos foram usados para a determinacao dos efeitos dos tratamentos na qualidade da semente. A colheita mecanica reduziu a quantidade de sementes duras a niveis aceitaveis agronomicamente, quando a umidade da semente estava proxima de 11%. Tal colheita nao teve efeito algum sobre a viabilidade da semente, mas resultou em reducoes no nivel de vigor. As sementes com tegumento permeavel germinaram mais rapidamente que aquelas dotadas das caracteristicas impermeavel; entretanto tal diferenca foi reduzida pelos efeitos da colheita mecanica. A linhagem D-1 apresentou maior porcentagem de sementes nao danificadas em ambas as datas de colheita, apesar de, na segunda data, estar com 5,2% de umidade a menos que 'Dare'. O atraso da colheita ocasionou queda de viabilidade e de vigor das sementes da cultivar "Dare", mas, na linhagem D-1 apenas o indice de vigor foi afetado. Tal atraso tambem resultou em aumento de danos mecanicos em ambos os tipos de semente. A secagem artificial das sementes de D-1 aumentou a porcentagem de sementes duras, mas nao causou nenhum outro efeito imediato na qualidade. Houve alguma indicacao da relacao direta entre permeabilidade do tegumento e indice de perda de umidade.
Ano de Publicação: 1979
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPSO)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ABRATES14.PDF5,06 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace