Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/461158
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Soja - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 11-Nov-1999
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: COSTA, N. P.
MESQUITA, C. M.
MAURINA, A. C.
BORDINGNON, J. R.
MANDARIN, J. M. G.
FRANCA-NETO, J.B.
KRZYZANOWSKI, F. C.
HENNING, A. A.
PEREIRA, J. E.
Título: Avaliação da qualidade física de sementes de soja produzidas no Brasil.
Edição: 1999
Fonte/Imprenta: Informativo ABRATES, Curitiba, v.9, n.1/2, p.59, jul./ago. 1999. Numero especial, ref. 058.
Idioma: pt_BR
Notas: Resumo apresentado no XI Congresso Brasileiro de Sementes.
Palavras-chave: Soybean
Seed
Quality.
Conteúdo: O objetivo do trabalho foi dimensionar e avaliar os niveis de quebras e da qualidade fisica de sementes de soja oriunda de diferentes regioes do Brasil. No Parana foram coletadas amostras de sementes dos cultivares BR-16 FT-Abyara, BR-37, Embrapa 48, FT-2000, FT-2002, OCEPAR 13 E OCEPAR 14. Em Minas Gerais, foram amostrados os cultivares MG/BR-46 (Conquista), MT/BR-45 (Paiaguas), Embrapa 20 (Doko RC) e CAC-1. Em Goias os cultivares MG/BR-46 (Conquista), FT-Cristalina, Embrapa 20 (Doko RC), Emgopa 314, Emgopa-315, e FT-104 e, no Rio Grande do Sul, especialmente na regiao de Erechim, os cultivares BR-16 e Embrapa-66. Os parametros empregados no dimensionamento e na avaliacao da qualidade das sementes foram quebra de sementes (%), ruptura de tegumento (Teste de hipoclorito) e iniuria mecanica (TZ 6-8). Os resultados no Estados do Parana indicaram media de 8,5% de sementes quebradas, destacando-se os cultivares BR-37 (14,4%) e OCEPAR-13 (11,4%), na Regiao Sul com maiores niveis de quebra no Estado. Em Minas Gerais, os maiores niveis de quebras de sementes foram apresentados pelo cultivares MT/BR-45 (Paiaguas) (13,9%) e CAC-1 (10,9%). Ja para o Estado de Goias, os dados mostraram que os cultivares FT-Cristalina e Embrapa 20 (Doko RC) apresentaram os maiores niveis de sementes quebradas com 7.8 e 8,2%, respectivamente. No Rio Grande do Sul, os niveis de sementes quebradas foram os menores com a media de 2,7%. Por outro lado, o Rio Grande do Sul apresentou os maiores indices de injuria mecanica pelo teste de tetrazolio (17,7%), seguidos de Minas Gerais (11,9%), Parana (11,6%) e Goias (11,4%). No Rio Grande do Sul, especificamente na regiao de erechim, o cultivar BR-16 apresentou os maiores indices de injuria mecanica (23,9%) e de ruptura de tegumento (26,8%) entre todos os cultivares estudados nos quatro Estados. Quando a ruptura de tegumento, os resultados mostraram Parana (19%), Rio Grande do Sul (18,9%), Minas Gerais (18,7%) e Goias 17,8%). Como resultado geral, observou-se que, alem das quebras, os elevados indices de injuria mecanica e de ruptura de tegumento das sementes afetaram drasticamente a qualidade da semente produzida. Geralmente a ocorrencia de quebras, de injuria mecanica e de ruptura de tegumentos da soja estao diretamente relacionados com ajustes nao adequados do sistema de trilha das colhedoras e podem contribuir para reducao significativa da qualidade da sementes de soja produzida em diferentes regioes produtoras do Brasil.
Thesagro: Dano Mecânico
Qualidade
Semente
Soja
Tegumento.
NAL Thesaurus: mechanical damage
testa.
Ano de Publicação: 1999
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CNPSO)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
id168910001.pdf391,06 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace