Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/470253
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Soja - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 10-Set-2007
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: SOARES, R. M.
GAZZIEROL, D. P.
MORITA, D. A. S.
CILIATO, M. L.
FLAUSINO, A. M.
SANTOS, L. C. M.
Informaçães Adicionais: RAFAEL MOREIRA SOARES, CNPSO; DIONIZIO LUIS PIZA GAZZIERO; DANIELA ALVES DOS SANTOS MORITA, UEM; MÔNICA LÚCIA CILIATO, UEM; ALLAN MISAEL FLAUSINO, CNPSO; LEANDRO CESAR DE MENEZES SANTOS.
Título: Efeito do glifosato sobre a ferrugem da soja.
Edição: 2007
Fonte/Imprenta: Fitopatologia Brasileira, Brasília, DF, v. 32, p. S255 ago. 2007. Suplemento, resumo 0733.
Idioma: pt_BR
Notas: Edição dos Resumos do XL Congresso Brasileiro de Fitopatologia, Maringá, PR, ago. 2007. Nome correto do segundo autor GAZZIERO, D. L. P.
Conteúdo: Esse trabalho teve como objetivo avaliar o efeito do herbicida glifosato, na germinação de esporos de Phakopsora pachyrhizi e no controle da ferrugem da soja, dentro de um manejo de plantas daninhas para cultivar RR, antes (preventivo) e depois (curativo) da inoculação do fungo. Para avaliar a germinação de esporos, verteu-se em placas de Petri com ágar os seguintes tratamentos: 1) Testemunha (água), 2) Difenoconazole (50 g i.a.ha-¹),3) Glifosato (Gfs) (3240 g i.a.ha-¹), 4) Gfs 1620 g i.a.ha-¹), 5) Gfs (16,2 g i.a.ha-¹). Os resultados mostraram uma ação inibitória do glifosato sobre a germinação de esporos. No ensaio preventivo, foi feita a semeadura em casa-de-vegetação livre de incidência de ferrugem e, aos 40 dias após a emergência (DAE), as plantas foram colocadas em estufa com ferrugem. No curativo, as plantas foram cultivadas desde o início na estufa com ferrugem. Os tratamentos foram: 1) Gfs 1,5 L.ha-¹ (15 DAE) + 1,0 L.ha-¹ (30 DAE); 2) Gfs 2,5 (15 DA E) + 2,5 L.ha-¹ (30 DAE); 3) Gfs 2,5 L.ha-¹ 20 DAE; 4) Gfs 5,0 L.ha-¹ 20 DAE; 5) Gfs 2,5 L.ha-¹ 30 DAE; 6) Gfs 5,0 L.ha-¹ 30 DAE; 7) Gfs 2,5 L.ha-¹ 40 DAE; 8) Gfs 5,0 L.ha-¹ 40 DAE; 9) Tebuconazole 0,5 L.ha-¹ 40 DAE; 10) Testemunha. Os resultados mostraram efeito do glifosato na primeira avaliação, aos 18 dias após os tratamentos preventivos. Nas demais avaliações, não houve diferença dos tratamentos com glifosato e a testemunha, mostrando baixo residual. O fungicida foi sempre eficiente na redução da severidade.
Thesagro: Doença de Planta
Fungo
Herbicida
Soja.
Ano de Publicação: 2007
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPSO)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Efeitodoglifosatosobreaferrugemdasoja.pdf216,61 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace