Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/471154
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Soja - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 17-Fev-2009
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: MARCELINO-GUIMARÃES, F. C.
GUIMARÃES, M. F. M.
DE-BARROS, E. G.
Informaçães Adicionais: FRANCISMAR CORREA MARCELINO-GUIMARÃES, CNPSO; MARTA FONSECA GUIMARÃES, CNPGL; EVERALDO GONÇALVES DE-BARROS, Bioagro/UFV.
Título: Detection and quantification of Roundup Ready soybean residues in sausage samples by conventional and real-time PCR.
Edição: 2008
Fonte/Imprenta: Ciência e Tecnologia de Alimentos, Campinas, v. 28, p. 38-45, 2008. Suplemento.
Idioma: en
Conteúdo: ABSTRACT: The increasing presence of products derived from genetically modified (GM) plants in human and animal diets has led to the development of detection methods to distinguish biotechnology-derived foods from conventional ones. The conventional and real-time PCR have been used, respectively, to detect and quantify GM residues in highly processed foods. DNA extraction is a critical step during the analysis process. Some factors such as DNA degradation, matrix effects, and the presence of PCR inhibitors imply that a detection or quantification limit, established for a given method, is restricted to a matrix used during validation and cannot be projected to any other matrix outside the scope of the method. In Brazil, sausage samples were the main class of processed products in which Roundup Ready® (RR) soybean residues were detected. Thus, the validation of methodologies for the detection and quantification of those residues is absolutely necessary. Sausage samples were submitted to two different methods of DNA extraction: modified Wizard and the CTAB method. The yield and quality were compared for both methods. DNA samples were analyzed by conventional and real-time PCR for the detection and quantification of Roundup Ready® soybean in the samples. At least 200 ng of total sausage DNA was necessary for a reliable quantification. Reactions containing DNA amounts below this value led to large variations on the expected GM percentage value. In conventional PCR, the detection limit varied from 1.0 to 500 ng, depending on the GM soybean content in the sample. The precision, performance, and linearity were relatively high indicating that the method used for analysis was satisfactory. RESUMO: A presença crescente de produtos derivados de plantas geneticamente modificadas (GM) na dieta humana e de animais tem levado ao desenvolvimento de métodos de detecção capazes de distinguir entre alimentos derivados da biotecnologia e alimentos convencionais. As técnicas de PCR convencional e em tempo real têm sido as mais utilizadas para detectar e quantificar resíduos GM em alimentos altamente processados, respectivamente. A extração de DNA é um passo crítico durante o processo de análise. Alguns fatores, tais como, degradação de DNA, efeito de matriz e a presença de inibidores da PCR, implicam que um limite de detecção ou quantificação estabelecido para um determinado método é restrito à matriz usada durante validação e não pode ser estendido a qualquer outra matriz fora do escopo do método. No Brasil, amostras de salsicha constituíram a principal classe de produtos, nas quais resíduos de soja Roundup Ready® (RR) foram detectados. Então a validação de metodologias para detecção e quantificação destes resíduos é urgente. Amostras de salsicha foram submetidas a dois diferentes métodos de extração de DNA: Wizard modificado e CTAB. O rendimento e a qualidade foram comparados em ambos os métodos. As amostras foram analisadas por PCR convencional e em tempo real para detecção e quantificação de resíduos de soja RR. Pelo menos 200 ng de DNA total da amostra de salsicha foram necessários para garantir uma quantificação confiável. Reações contendo concentrações de DNA abaixo deste limite apresentaram grande variação nos valores de porcentagem de GM esperados. Na PCR convencional, o limite de detecção variou de 1,0 a 500 ng, dependendo do conteúdo de soja GM na amostra. A precisão, performance e linearidade foram relativamente altas, indicando que o método de análise foi satisfatório.
Thesagro: Planta Transgênica
Soja.
Ano de Publicação: 2008
ISSN: 0101-2061
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPSO)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DetectionandquantificationofRoundupReadysoybeanresiduesinsausagesamplesbyconventionalandrealtimePCR.pdf743,03 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace