Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/48708
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Pecuária Sudeste - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 26-Dez-2008
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: CERVINI, M.
MACHADO, M. A.
VERNEQUE, R. S.
TEODORO, R. L.
CAMPOS, A. L.
REGITANO, L. C. de A.
Informaçães Adicionais: M. Cervini, UFSCar; MARCO ANTONIO MACHADO, CNPGL; R. S. Verneque, CNPGL; R. Teodoro, CNPGL; A. L. Campos, CNPGL; LUCIANA CORREIA DE ALMEIDA REGITANO, CPPSE.
Título: Varredura dos cromossomos 24 e 29 em uma população f2 de bovinos (Gir x Holandês) no mapeamento de QTL para resistência a parasitas e características de crescimento.
Edição: 2008
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE GENÉTICA, 54., 2008, Salvador. Resumos... Salvador: SBG, 2008
Páginas: p.232
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: QTL
Mapeamento.
Conteúdo: A utilização de metodologias moleculares no melhoramento animal apresenta grande potencial para incrementar o ganho na seleção de várias características de valor comercial no rebanho mundial. Esse conhecimento pode ser aplicado, tanto no manejo adequado de cruzamentos de animais quanto na seleção. A identificação de regiões do DNA que controlam uma parte da variação de características quantitativas (QTL, Quantitative Trait Loci) que possuam interesse econômico é uma etapa importante para o desenvolvimento de estratégias de seleção assistida por marcadores. Dentre esses fenótipos de variação quantitativa, podemos apontar: características de crescimento, medidas por meio do peso corporal, e a resistência à parasitas, como o carrapato (Rhipicephalus (Boophilus) microplus), o qual é responsável, direta ou indiretamente, por perdas anuais que giram em torno de 1 bilhão de dólares só no Brasil. A identificação de QTLs para características de crescimento e resistência ao carrapato poderá auxiliar em estudos posteriores de identificação de marcadores moleculares em gene(s) específico(s), os quais poderão ser informativos na identificação de animais com maior valor genético para essas características. Dessa forma, esse trabalho tem como objetivo mapear QTLs para características de crescimento e resistência a carrapatos nos cromossomos 24 e 29, utilizando marcadores do tipo microssatélites em uma população F2 Gir x Holandês. Os valores fenotípicos de contagem de carrapato e medidas de peso ao nascimento, peso a desmama, peso aos 180 dias e peso aos 365 dias foram coletados em 370 animais F2. Os genótipos para 12 marcadores, cobrindo os cromossomos 24 e 29, foram determinados para as três gerações. O mapeamento de possíveis QTLs está sendo realizado por análise de intervalos com o auxílio dos softwares CRI-MAP e QTL Express.
Thesagro: Bovino
Carrapato
Melhoramento.
Ano de Publicação: 2008
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CPPSE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
18161.pdf533,09 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace