Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/508859
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Acre - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 5-Mai-2008
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: MARTINS, K.
RIBAS, L. A.
MORENO, M. A.
WADT, P. G. S.
Informaçães Adicionais: Karina Martins, Bolsista Embrapa Acre; LUCIANO ARRUDA RIBAS, CPAF-AC; Maria Andréa Moreno, Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ); PAULO GUILHERME SALVADOR WADT, CPAF-AC.
Título: Consequências genéticas da regeneração natural de espécies arbóreas em área antrópica, AC, Brasil.
Edição: 2008
Fonte/Imprenta: Acta Botanica Brasilica, Belo Horizonte, v. 22, n. 3, p. 897-904, jul./set. 2008.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Acre
Amazônia Ocidental
Amazonia occidental
Western amazon.
Variación genética
Regeneración natural
Árboles forestales
Conteúdo: O cedro (Cedrela odorata L.) e o ipê-amarelo (Tabebuia serratifolia Nichols.) são espécies arbóreas tropicais economicamente valiosas e que têm sido ameaçadas pela exploração madeireira predatória e pela fragmentação florestal. Ambas apresentam dispersão anemocórica e regeneram naturalmente em áreas de pastagem. Esse estudo comparou, para as duas espécies, a diversidade genética de indivíduos estabelecidos em pastagem e em floresta. Trinta indivíduos de ipê-amarelo foram genotipados com cinco locos isoenzimáticos e 54 de cedro, com quatro locos microssatélites. A diversidade genética foi elevada nas duas subpopulações. Para ipê-amarelo, a diversidade genética foi maior na pastagem. Para cedro, observou-se perda de alelos na pastagem (Â = 11,75 alelos/loco) em comparação à floresta (Â = 14,50). Além disso, 31% dos alelos de cedro foram exclusivos da floresta. Não houve divergência genética entre as subpopulações de ipê-amarelo, porém, para cedro, houve divergência significativa, embora baixa (2,2%). Os resultados mostraram que, para as duas espécies, a subpopulação da pastagem não passou por um gargalo genético severo. A colonização de áreas antrópicas mostrou-se eficiente, mas há necessidade de fluxo gênico contínuo, por sucessivas gerações, entre as áreas para restabelecer (cedro) e manter (ipê) os níveis de diversidade genética observados na área de vegetação primária.
Thesagro: Árvore florestal
Regeneração natural
Cedro
Cedrela odorata
Ipê amarelo
Tabebuia serratifolia
Variação genética
NAL Thesaurus: Forest trees
Natural regeneration
Genetic variation.
Ano de Publicação: 2008
ISSN: 0102-3306 (impresso)
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CPAF-AC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
17380.pdf76,87 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace