Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/530054
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Caprinos e Ovinos - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 19-Nov-2003
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: RODRIGUES, M. de M.
NEIVA, J. N. M.
VASCONCELOS, V. R. de
LOBO, R. N. B.
PIMENTEL, J. C. M.
MOURA, A. de A. A. N.
Informaçães Adicionais: VÂNIA RODRIGUES DE VASCONCELOS, CNPC; RAIMUNDO NONATO BRAGA LÔBO, CNPC; JOSE CARLOS MACHADO PIMENTEL, CNPAT.
Título: Utilização do farelo de castanha de caju na terminação de ovinos em confinamento.
Edição: 2003
Fonte/Imprenta: Revista Brasileira de Zootecnia, Viçosa, MG, v. 32, n. 1, p. 240-248, jan./fev. 2003.
Idioma: pt_BR
Conteúdo: O trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar a utilização de concentrados contendo farelo de castanha de caju (FCC) na alimentação de ovinos mantidos em confinamento. Foram testados quatro tipos de concentrados isoprotéicos contendo 0, 12, 24 e 35% de FCC, tendo o concentrado participado com 30% da matéria seca (MS) da dieta total. Foram utilizados 32 ovinos sem raça definida (SRD), machos e fêmeas, em esquema fatorial 4 x 2 (quatro níveis de inclusão de FCC e dois sexos) e quatro repetições. Foram avaliados ganho de peso e conversão alimentar, bem como os consumos de matéria seca (CMS), proteína bruta (CPB), extrato etéreo (CEE) e fibra em detergente neutro (CFDN). Estas variáveis foram analisadas conforme o consumo em g/animal/dia, % do peso vivo (PV) e g/UTM (PV0,75), tendo sido feita análise de variância com teste de médias e estudo de regressão. Foram observadas diferenças no CMS, CPB e CEE de animais alimentados com dietas com 0 e 36% de FCC, com tendência de diminuição dos consumos de MS, PB e FDN à medida que se aumentou o FCC na dieta. O consumo de EE elevou-se com a adição FCC às dietas. O ganho de peso e a conversão alimentar foram semelhantes para as quatro dietas fornecidas. Portanto, o FCC deve ser utilizado com um nível de inclusão de 24% do concentrado, não ultrapassando o 6% de lipídios na dieta total. [Levels of cashew nuts meal in diets for feedlot sheep]. ABSTRACT - A study was conducted to evaluate the use of cashew nuts meal (CNM) in diets for sheep, raised in feedlot. Thirty two crossbred animals received concentrates with the same amount of crude protein, but four different levels of CNM (0, 12, 24 and 36%). A factorial 4 x 2 was used, with four levels of CNM and 2 sexes, with four repetitions. Daily weight gain and feed conversion as well as intake of dry matter (DM), crude protein (CP), ether extract (EE), neutral detergent fiber(NDF) and ashes were determined by analysis of variance, Duncan statistical test and regression analysis. Intake was estimated as g/animal/day, percentage of body weight (%BW) and g/BW0.75. There were differences in intake of DM, CP and EE when animals were fed concentrates with 0 and 36% of CNM. Also, intake of DM, CP and NDF tended to decrease as the levels of CNM increased in the diet. EE intake increased according to the different CNM levels. The type of diet did not significantly affect either weight gain or feed conversion. Therefore, cashew nut meal can be included up to 24% in the concentrate, but the total diets should not have more than 6% of fat.
Thesagro: Alimento Para Animal
Castanha de Caju
Confinamento
Dieta
Farelo
Ganho de Peso
Ovino
Nutrição Animal
Terminação.
Ano de Publicação: 2003
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
APIUtilizacaodoFarelodeCastanhadeCajunaTerminacaodeOvinosemConfinamento.pdf198,17 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace