Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/533687
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Caprinos e Ovinos - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 6-Jan-2008
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: PINHEIRO, R. R.
DIAS, R. P.
OLIVEIRA, A. A. da F.
BRITO, R. L. L. de
ANDRIOLI, A.
MARTINEZ, P. M.
ALVES, F. S. F.
PRIMO, T. S.
Informaçães Adicionais: Raymundo Rizaldo Pinheiro, Embrapa Caprinos (CNPC); RONALDO PONTE DIAS, CNPC; ALICE ANDRIOLI PINHEIRO, CNPC; FRANCISCO SELMO FERNANDES ALVES, CNPC.
Título: Diagnóstico sorológico da língua azul em ovinos no estado do Ceará, Brasil.
Edição: 2007
Fonte/Imprenta: In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE CAPRINOS E OVINOS DE CORTE, 3; FEIRA NACIONAL DO AGRONEGÓCIO DA CAPRINO-OVINOCULTURA DE CORTE, 2007, João Pessoa. Anais... João Pessoa: EMEPA-PB, 2007. 3 f. 1 CD-ROM.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Culicoides variiennis
Teste sorologico
IDGA
Brasil
Ceará.
Conteúdo: A Língua Azul é uma doença causada pelo Vírus da Língua Azul (VLA) e este se replica em artrópodes e células hospedeiras de mamíferos. As várias cepas e sorotipos do VLA têm uma virulência variada. Um total de 25 sorotipos já foram identificados mundialmente e somente cinco foram reconhecidos no Brasil. Os sintomas nos animais são caracterizados por salivação, congestão e inflamação das membranas mucosas, cianose e ulceração das bordas da língua e em ovelhas causa aborto, o que leva a queda na produtividade do rebanho. Este trabalho teve como objetivo realizar análise sorológica desta enfermidade em rebanhos ovinos no Estado do Ceará. Foram coletadas amostras de sangue de 271 ovinos para diagnóstico da Língua Azul através do teste de Imunodifusão em Gel de Agarose IDGA usando um kit comercial. Dos 271 ovinos avaliados 74 apresentaram anticorpos para o VLA, o que corresponde a uma prevalência da enfermidade de 27,31%. As fêmeas apresentaram uma prevalência de 29,83% e os machos de 9,09%. A raça Dorper (57,14%) apresentaram maior prevalência, quando comparado a raça Santa Inês (30,91%) e ao grupo SRD/Nativas (23,38%). Os resultados confirmaram a presença de ovinos positivos para o VLA no Estado do Ceará. SORO-EPIDEMIOLOGICAL STUDIES OF BLUETONGUE IN SHEEP AT CEARÁ STATE, BRAZIL ABSTRACT: Bluetongue is a disease caused by a Bluetongue Virus (BTV) and replicates in both arthropod and mammalian host cells. The virulence of BTV varies quite markedly; even strains with matching serotypes have variable virulence. A total of 25 serotypes have been identified worldwide with only five recognized within Brazil. The symptoms are characterized by salivation, congestion and inflammation of the mucous membranes, cyanosis and ulceration of the lips and tongue and sheep cause abortion and fall in the productivity of the flock. The objective of this work is to know the prevalence of BTV in sheep flocks at Ceará State. A total of 271 blood samples were taken from several sheep breeds to sero-diagnose the Bluetongue by Immunediffusion in Gel of Agarose ? AGID using a commercial antigen kit. The animals (74/271) 27,31% presented antibodies against antigen from the virus of Bluetongue. The female presented prevalence 29,83% and male of the 9,09%. The Dorper race (57,14%) presented incresead prevalence, comparate Saint Inês race (30,91%) and without defined race/ Native (23,38%) group. This results confirms the presence of positive BTV in sheep at the Ceará State.
Thesagro: Febre catarral
Diagnostico
Doença
Língua Azul
Ovino
Vírus.
Ano de Publicação: 2007
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CNPC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AACDiagnosticosorologico.pdf2,05 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace