Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/533914
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Caprinos e Ovinos - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 10-Dez-2008
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: NEVES, M. R. M. das
ZAROS, L. G.
BENVENUTI, C. L.
NAVARRO, A. M. do C.
SOUSA, S. M. de
VIEIRA, L. da S.
Informaçães Adicionais: Maria Rosalba Moreira das Neves, Pós-graduanda Zootecnia Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA); Lilian Giotto Zaros, Bolsista DCR FUNCAP/CNPq, Embrapa Caprinos; Camila Lourdes Benvenuti, Pós-graduanda, UVA; Andrinei M. C. Navarro, Bolsista PIBIC CNPq/UVA/Embrapa Caprinos (CNPC); Sanara M. de Sousa, Graduanda, UVA; LUIZ DA SILVA VIEIRA, CNPC.
Título: Efeitos do parasitismo gastrintestinal em ovinos da raça Somalis no estado do Ceará.
Edição: 2008
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO NORDESTINO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 5.; SIMPÓSIO NORDESTINO DE ALIMENTAÇÃO DE RUMINANTES, 11.; SIMPÓSIO SERGIPANO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 1., 2008, Aracaju. Anais... Aracaju: Sociedade Nordestina de Produção Animal; Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2008. 3 f.1 CD ROM.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Ovino
Raça Somalis
Nematódeo gastrintestinal
Haemonchus spp
OPG
Escore corporal
Método Famacha
Brasil
Ceará
Sobral
Conteúdo: A verminose gastrintestinal constitui um dos mais importantes problemas do rebanho ovino nacional. Estas infecções causam diminuição do consumo e da capacidade de digestão e absorção dos nutrientes, redução no ganho de peso e no escore corporal, anemia, diarréia e até mesmo a morte dos animais. Em virtude disso, o objetivo do presente trabalho foi avaliar ovinos da raça Somalis, mantidos em pasto cultivado naturalmente infectados por nematódeos gastrintestinais. Foram utilizados 27 ovinos mestiços Somalis. A cada 7 dias, totalizando 10 semanas, foi coletado sangue da veia jugular para determinar os níveis de eosinófilos sanguíneos, volume globular (VG), proteína plasmática total (PPT) e fezes para contagem de ovos por grama (OPG), culturas fecais e identificação das larvas infectantes. Os animais foram pesados e submetidos à avaliação de escore corporal e método Famacha de controle da verminose. Haemonchus spp. foi o gênero predominante, seguido por Trichostrongylus spp. A média contagem de OPG foi elevada devido ao fato da pastagem cultivada proporcionar um ambiente adequado ao desenvolvimento e manutenção de larvas infectantes. Em virtude da elevada carga parasitária, concluise que ovinos da raça Somalis naturalmente infectados por nematódeos gastrintestinais, apresentaram uma alta contagem de OPG e que a verminose influenciou diretamente os níveis de volume globular, proteína plasmática total, ganho de peso e escore corporal, afetando assim o desempenho dos animais.
Ano de Publicação: 2008
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CNPC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AACEfeitosdoparasitismo.pdf41,31 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace