Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/622229
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Agrobiologia - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 24-Mar-2008
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: DIAS, P. F.
SOUTO, S. M.
Informaçães Adicionais: Paulo Francisco Dias, PESAGRO-EES; Sebastião Manhães Souto, Embrapa Agrobiologia.
Título: Jurema preta (Mimosa tenuiflora): Leguminosa arbórea recomendada para ser introduzida em pastagens em condições de mudas sem proteção e na presença do gado
Edição: 2007
Fonte/Imprenta: Revista da Faculdade de Zootecnia, Veterinária e Agronomia, Uruguaiana, v. 14, n. 1, p. 258-272, 2007.
Idioma: pt_BR
Notas: Parceria: PESAGRO-EES.
Palavras-chave: Leguminosa arbórea.
Conteúdo: O objetivo do presente trabalho foi selecionar espécies de leguminosas arbóreas introduzidas em pastagens por meio de mudas pequenas sem proteção e sem a exclusão de animais, em diferentes épocas do ano. Para isso, foram introduzidas mudas de 16 espécies em pastagens de Brachiaria spp. e de Cynodon Tifton 85 em cinco locais, sendo quatro em baixada e um na região serrana do estado do Rio de Janeiro. Avaliações foram feitas por meio de seis variáveis relacionadas ao comprimento e o número de brotos das mudas, antes e após o pastejo dos animais. A maioria das variáveis foram dependentes pela correlação de Pearson. A hipótese de nulidade foi rejeitada pelos quatro testes de Manova, daí os resultados deste experimento terem sido analisados por meio de técnica de análise de variância multidimencional, pois resulta em melhor aproveitamento da informação conjunta das variáveis. Diferenças entre as médias dos tratamentos para cada variável, calculada por meio de intervalos de confiança de Bonferroni, mostraram que os resultados relacionados as variáveis após o pastejo para a Jurema Preta confirmam a sua recomendação para a região, como a leguminosa arbórea com maior probabilidade de sucesso, se introduzida na pastagem, sem a proteção das mudas e na presença do gado. The objective of the present study was to select leguminous tree species introduced into pastures through unprotected young plants under grazing in different moments of the year. Thus, were introduced 16 leguminous tree species into Brachiaria spp. and Cynodon Tifton 85 in five locals, being four locals localized in lowland and one in highland of Rio de Janeiro State. Six variables related to length and number of sproutings were used for the evaluations before and after animal grazing. Most of these variables were correlated (Pearson). The nil hypothesis was rejected by the four Manova tests. Thus, the results of this experiment were analysed by means of multidimensional variance analysis in order to better explore the gathered information of the variables. Difference among treatments means for each variable, calculated by Bonferroni confidence intervals, revealed that results related to the variables after grazing obtained from Jurema Preta confirm its recommendation for the region as the tree legume with the highest chances of growth whether introduced into pastures under grazing without protection.
Thesagro: Gado
Pastagem.
Ano de Publicação: 2007
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPAB)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JUREMAPRETAMIMOSATENUIFLORALEGUMINOSA.pdf77,53 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace