Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/631708
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Acre - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 29-Jan-2010
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: LESSA, L. S.
PEIXOTO, C. P.
LEDO, C. A. da S.
SILVA, S. de O. e
OLIVEIRA, M. M.
Informaçães Adicionais: LAURO SARAIVA LESSA, CPAF-AC; Clóvis Pereira Peixoto, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); CARLOS ALBERTO DA SILVA LEDO, CNPMF; SEBASTIAO DE OLIVEIRA E SILVA, CNPMF.
Título: Desempenho fisiológico de mudas de bananeira na fase inicial de crescimento.
Edição: 2008
Fonte/Imprenta: Magistra, Cruz das Almas, v. 20, n. 3, p. 305-312, jul./set. 2008.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Prata Anã
Grande Naine
Bananos
Crecimiento de plántulas
Cultivares
Respuesta fisiológica.
Conteúdo: Com a finalidade de avaliar o crescimento de mudas de bananeira das cultivares Prata Anã e Grande Naine, foi instalado um experimento no viveiro de produção de mudas da Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical, no delineamento inteiramente casualizado. As duas cultivares representaram as parcelas e as épocas de avaliação (aos 30, 60, 90, 120 e 150 dias após o transplantio), as subparcelas, utilizando três repetições. Avaliou-se as seguintes características: altura de plantas, diâmetro do pseudocaule, número de folhas, área foliar, massa seca das folhas, massa seca do pseudocaule, massa seca da raiz, taxa de crescimento absoluto, taxa de crescimento relativo, taxa assimilatória líquida e razão de área foliar. A cultivar Grande Naine apresenta maior velocidade de crescimento inicial, com maior acúmulo de massa seca total (35,11g) que a Prata Anã (28,54 g) aos 150 dias após o transplantio. Os índices fisiológicos de crescimento constituem ferramentas apropriadas para identificar e comparar o desenvolvimento vegetal das diferentes cultivares.
Thesagro: Banana
Musa sp
Variedade
Muda
Crescimento
Fisiologia vegetal
NAL Thesaurus: Cultivars
Seedling growth
Physiological response.
Ano de Publicação: 2008
ISSN: 2236-4420 (impresso)
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CPAF-AC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
22646.pdf194,56 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace