Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/865657
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Pecuária Sudeste - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 28-Out-2010
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: GROMBONI, J. G. G.
MELLO, S. C. de
ROCHA, M. I. P.
NICIURA, S. C. M.
Informaçães Adicionais: JULIANA GRACIELLE GONZAGA GROMBONI, UFSCar/SÃO CARLOS, SP; Suelen Scarpa de Mello, UNICEP/SÃO CARLOS, SP; MARINA I. P. ROCHA, UNICEP/SÃO CARLOS, SP; SIMONE CRISTINA MEO NICIURA, CPPSE.
Título: Frequência de polimorfismos de nucleotídeo único (SNP) em genes relacionados à maciez de carne e à deposição de gordura em bovinos oriundos de abatedouro.
Edição: 2010
Fonte/Imprenta: In: JORNADA CIENTÍFICA - EMBRAPA SÃO CARLOS, 2., 2010, São Carlos, SP. Anais... São Carlos: Embrapa Instrumentação Agropecuária: Embrapa Pecuária Sudeste, 2010.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Polimorphismo
Núcleo único
SNP
Maciez.
Conteúdo: A bovinocultura de corte tem como objetivo a obtenção de carne de qualidade. A maciez e a deposição de gordura subcutânea e intramuscular são algumas características que estão diretamente relacionadas à produtividade, à qualidade e ao preço do produto final. A maciez da carne é um dos atributos mais apreciado pelo consumidor. Os genes e leptina estão relacionados a essas características de interesse comercial, sendo assim, o objetivo do presente trabalho foi determinar a frequência dos SNP descritos na literatura nos genes , , e leptina em amostras bovinas que foram obtidas a partir de 35 úteros gravídicos coletados em abatedouro. Para tanto as amostras de útero materno e de pele fetal foram submetidas à extração de DNA com solvente orgânico e à genotipagem por discriminação alélica em tempo real utilizando o sistema . Para a genotipagem dos polimorfismos nos genes (G>A, V530I), (A>G, 2.655 3?UTR), (G>A e C>A, K232A) e leptina (C>T, R25C), e sondas, sintetizados pelo serviço , foram utilizados na concentração de 1X com 1X de e 15 ng de DNA, em volume final de 5 μL. A reação foi iniciada por (60ºC por 1 min), seguida por 45 ciclos de amplificação (95ºC por 15 seg e 60ºC por 1 min) e para a designação dos alelos. A frequência dos SNP foi determinada por contagem direta dos alelos. Para o gene foram encontradas 29 mães com o genótipo GG (82,8%) e 5 mães AG (14,2%); além de 30 fetos GG (85,7%), 3 fetos AG (8,6%) e 2 fetos AA (5,7%). Para o gene foram encontradas 18 mães GG (51,4%), 12 mães AG (34,2%) e 5 mães AA (14,2%); e 21 fetos GG (60%), 9 fetos AG (25,7%) e 5 fetos AA (14,3%). Para o gene , foram encontradas 16 mães AAGC (45,7%), 15 mães AAAA (42,8%) e 4 mães GCGC (11,4%); e 17 fetos AAGC (48,6%), 16 fetos AAAA (45,7%) e 2 fetos GCGC (5,7%). Para o gene leptina foram encontradas 20 mães CC (57,1%), 7 mães TC (20%) e 8 mães TT (22,8%); e 23 fetos CC (65,7%), 11 fetos TC (31,4%) e 1 feto TT (2,9%). O uso de DNA oriundo de amostras de útero gravídico provenientes de abatedouro, possibilitou a identificação de animais com os três possíveis genótipos (2 homozigotos e 1 heterozigoto) para cada um dos genes em estudo. Assim, a estratégia de coleta de úteros gravídicos bovinos em abatedouro mostrou-se adequada para a obtenção de material com grande variabilidade genética para a utilização em estudos futuros.
Thesagro: Carne.
Ano de Publicação: 2010
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CPPSE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PROCISCMN2010.00140.pdf27,21 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace