Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/870075
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 15-Dez-2010
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: MONTEIRO, K. F. G.
KERN, D. C.
RUIVO, M. de L. P.
RODRIGUES, T. E.
COMETTI, J. L. S.
Informaçães Adicionais: KÁTIA FERNANDA GARCEZ MONTEIRO, UFRA; DIRCE CLARA KERN, MPEG; MARIA DE LOURDES PINHEIRO RUIVO, MPEG; TARCÍSIO EWERTON RODRIGUES, CPATU; JOSÉ LUIS SAID COMETTI, SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE DE PERNAMBUCO.
Título: Uso de resíduos de madeira como alternativa de melhorar as condições ambientais em sistema de reflorestamento.
Edição: 2010
Fonte/Imprenta: Acta amazonica, Manaus, v. 40, n. 3, p. 409-414, set. 2010.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Solos amazônicos
Conteúdo: A baixa tecnologia empregada no manejo do solo e utilização do fogo para o plantio de espécies ou cultivares florestais na Amazônia, tem sido apontada como a causa principal das áreas alteradas em sistemas florestais, resultando em erosão, poluição hídrica perda de nutrientes e da biodiversidade. Assim, pode-se hipotetizar que uma área alterada, seja em que ambiente ou tipo de exploração a que esteja submetida, estaria em fase de recuperação quando o teor de matéria orgânica no solo estiver aumentando. Tal condição pode ser medida, através de indicadores biológicos do solo: matéria orgânica e teores de nutrientes, e atividade da biomassa microbiana, e também influencia a qualidade e desenvolvimento (diâmetro e altura das árvores ou biomassa aérea) dos espécimes plantados. As áreas atualmente em recuperação ou recuperadas em suas propriedades edafológicas podem ser comparadas, em termos de bioindicadores, a solos enriquecidos com material orgânico proveniente de manejo pretérito, como em áreas de reflorestamento instaladas em áreas de ?Terra Preta?. Essa comparação, além de validar os indicadores de qualidade do solo, auxiliará estudos que contemplem a utilização racional, seja de florestas naturais ou florestas plantadas.
Ano de Publicação: 2010
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CPATU)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
01.pdf980,83 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace