Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/874347
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Territorial - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2010
Type of Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Authors: RONQUIM, C. C.
Additional Information: CARLOS CESAR RONQUIM, CNPM.
Title: Dinâmica espaço-temporal do carbono aprisionado na fitomassa agrícola em áreas de expansão de cana-de-açúcar.
Publisher: In: REUNIÃO ANUAL DO INSTITUTO DE BOTÂNICA, 17., 2010. São Paulo, SP. Resumos... São Paulo, SP: Instituto de Botânica, 2010.
Pages: 1 p.
Language: pt_BR
Keywords: Agroecossistemas
Balanço de carbono
Uso e cobertura das terras.
Description: Este projeto teve como objetivo avaliar a dinâmica dos estoques de carbono ao longo do espaço e do tempo dos agroecossistemas de cana-de-açúcar (Saccharum officinarum L.), pastagens (Brachiaria spp.), eucalipto (Eucaliptus spp.), seringueira (Hevea brasiliensis Müll.Arg.), soja (Glycine max (L.) Merr.), milho (Zea mays L.), café (Coffeea arabica L.) e citros (Citrus spp.) em uma área de 51.650 km2, abrangendo125 municípios do nordeste do Estado de São Paulo. O mapeamento de uso e cobertura das terras da região foi baseado na interpretação de imagens de satélite com abordagens territoriais baseadas em sensoriamento remoto e em técnicas de geoprocessamento realizado em duas épocas distintas: 1988 e 2003. A análise dos dados revelou que houve grande expansão das áreas com cana-de-açúcar, de 21,0% da área mapeada em 1988 para 44,4% em 2003, substituindo principalmente as culturais anuais e as pastagens. Dos 125 municípios avaliados, 118 deles apresentaram elevação do carbono acumulado na fitomassa devido a incorporação de áreas de pastagens por cana-de-açúcar, num total de 474 mil ha. Ocorreu um aumento de cerca de 60% no gás carbônico (CO2) imobilizado na fitomassa dos agroecossistemas. O CO2 retirado da atmosfera e incorporado na fitomassa que era de 170 milhões de toneladas no ano de 1988 saltou para mais de 271 milhões de toneladas no ano de 2003. A expansão da área cultivada com cana-de-açúcar aliado ao eficiente acúmulo de CO2 por unidade de tempo e de área (107,2 t CO2 há-1ano-1) dessa cultura tornaram essa classe de uso e cobertura a maior retentora do CO2 atmosférico. Constata-se com isso que o carbono pode, ao menos em parte, ser recomposto por alguns agroecossistemas durante o subsequente uso do solo.
Thesagro: Sensoriamento Remoto.
Data Created: 2011-01-25
Appears in Collections:Resumo em anais de congresso (CNPM)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ResumoRAIBt099.pdf54,38 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace