Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/879698
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Monitoramento por Satélite - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 1-Mar-2011
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: RODRIGUES, C. A. G.
HOTT, M. C.
Informaçães Adicionais: CRISTINA APARECIDA G RODRIGUES, CNPM; MARCOS CICARINI HOTT, CNPGL.
Título: Dinâmica da vegetação natural no nordeste do Estado de São Paulo, entre 1988 e 2003.
Edição: 2010
Fonte/Imprenta: Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 34, n. 5, p. 881-887, 2010.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Vegetação natural e dinâmica
Conteúdo: As imagens de sensoriamento remoto orbital juntamente com as ferramentas em Sistemas de Informações Geográficas têm possibilitado diversos estudos sobre as alterações na cobertura das terras. O objetivo deste trabalho foi detalhar os resultados do mapeamento de uso e cobertura das terras e alterações em uma região no Nordeste do Estado de São Paulo entre 1988 e 2003, especificamente em relação à vegetação natural. A avaliação da dinâmica das áreas de remanescentes de vegetação natural das terras revelou retração de 0,14% em relação à área total dos municípios (51.649,5 km2). Mas houve avanço da vegetação ripária de 0,22% em relação à área total. Dos 125 municípios da região em estudo e possuidores de remanescentes de vegetação natural, 60,8% mantiveram praticamente a mesma porcentagem de cobertura vegetal natural (florestas estacionais, secundárias, cerrado e vegetação ripária) em 2003 com relação a 1988. Considerando somente as áreas com floresta estacional, secundária e cerrado, o número de municípios cresce para 79,2% do total. Os municípios que mantiveram os maiores percentuais de cobertura vegetal natural de Floresta Estacional, Floresta Secundária e Cerrado no período foram: Águas da Prata, com 39,9% de sua área municipal total, Rifaina (31,7%), São Sebastião da Grama (24,9%) e Pedregulho (24,0%). A ocupação das terras de 1988 a 2003 caracterizou-se pela dinâmica de substituição entre atividades que competem por área no setor rural, comum nas regiões administrativas tecnicamente mais avançadas do Estado de São Paulo.
Ano de Publicação: 2010
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPM)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
13.pdf269,49 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace