Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/879927
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Solos - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2010
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: LIMA NETO, J. de A.
RIBEIRO, M. R.
CORRÊA, M. M.
SOUZA-JÚNIOR, V. S. de
ARAUJO FILHO, J. C. de
LIMA, J. F. W. F.
Additional Information: JOSÉ DE ALMEIDA LIMA NETO, CONAB; MATEUS ROSAS RIBEIRO, Universidade Federal Rural de Pernambuco; MARCELO METRI CORRÊA, Universidade Federal Rural de Pernambuco; VALDOMIRO SEVERINO DE SOUZA-JÚNIOR, Universidade Federal Rural de Pernambuco; JOSE COELHO DE ARAUJO FILHO, CNPS; JOSÉ FERNANDO W. F. LIMA, Universidade Federal Rural de Pernambuco.
Title: Atributos químicos, mineralógicos e micromorfológicos de horizontes coesos de Latossolos e Argissolos dos tabuleiros costeiros do estado de Alagoas.
Publisher: Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 34, n. 2, p. 473-486, abr. 2010.
Language: Portugues
Keywords: Caráter coeso
Latossolos
Description: O caráter coeso é um atributo característico de horizontes subsuperficiais que, quando secos, apresentam consistência muito dura e extremamente dura, passando a friável ou firme quando úmidos. A formação desses horizontes, entretanto, ainda é um assunto polêmico, não estando completamente esclarecida. O objetivo deste trabalho foi realizar uma caracterização química, mineralógica e micromorfológica de solos coesos, visando entender a sua gênese e definir características que possam complementar a definição do caráter coeso no Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. Quatro perfis de solos foram coletados na região dos tabuleiros costeiros de Alagoas, envolvendo um Argissolo Amarelo, um Argissolo Acinzentado e dois Latossolos Amarelos. Os solos foram descritos morfologicamente, e as amostras dos horizontes coesos e não coesos foram coletadas para execução de análises químicas de Fe, Al e Si por extração com DCB, oxalato, CaCl2 e água quente, análises mineralógicas por DRX e caracterização micromorfológica. Os solos apresentaram baixos teores de Fe, com domínio das formas de baixa cristalinidade e predominância de caulinitas com moderado a alto grau de desordem estrutural em todos os horizontes. Não foi observada, nos horizontes coesos, tendência de aumento dos teores de Al e Si extraídos com DCB e oxalato, indicando que a sua gênese não se deve à presença de agentes cimentantes. Os resultados das análises mineralógicas e micromorfológicas sugerem que a gênese do caráter coeso apresenta duas fases distintas, sendo formado inicialmente pelo entupimento dos poros decorrente da iluviação de argila fina, havendo posteriormente uma perda de Fe na parte superior, que colapsa a estrutura e provoca um ajuste face a face da caulinita.
Thesagro: Argissolos
Data Created: 2011-03-03
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RBCS-Coesos-2010-Publicado-coelho.pdf4,23 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace