Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/881256
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Rondônia - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 17-Mar-2011
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: MATTER, U. F.
OLIVEIRA, T. K. de
CONTREIRAS, C. T.
Informaçães Adicionais: UILSON FERNANDO MATTER, CPAF-AC; TADARIO KAMEL DE OLIVEIRA, CPAF-AC; Cleyton Telles Contreiras, UFAC.
Título: Comparação dos sistemas de plantio direto e convencional para o primeiro ano de cultivo de milho sobre pastagem no Acre.
Edição: 2010
Fonte/Imprenta: In: WORKSHOP INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA-FLORESTA DA EMBRAPA RONDÔNIA, 1., 2010, Vilhena. Resumos expandidos... Porto Velho: Embrapa Rondônia, 2010. p. 17-29. (Embrapa Rondônia. Documentos, 141).
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Imobilização
Integração lavoura-pecuária
Clorofilômetro
Conteúdo: No Acre, o cultivo de milho é realizado através do sistema convencional de preparo do solo, sendo utilizadas áreas anteriormente ocupadas por pastagens de gramíneas. Em função do regime de chuvas da região, o sistema de plantio direto possibilita maior número de dias úteis à operação de plantio, dentre outras vantagens. Porém, nesse sistema, devido à imobilização do nitrogênio pelos restos de capim, é necessária maior quantidade de N para produção satisfatória de milho. Objetivou-se avaliar a exigência de nitrogênio no primeiro ano de plantio de milho em área ocupada por pastagem nos sistemas de preparo convencional e direto. Foi conduzido experimento em Latossolo Vermelho distrófico textura média, no delineamento experimental de blocos casualizados e quatro repetições, com parcelas subdivididas, sendo os tratamentos principais os sistemas de plantio direto e convencional e secundários as doses de N de 0, 50, 100, 150 e 200 kg.ha-1. As doses de N proporcionaram aumento linear no rendimento de grãos, explicado pelo aumento do número de grãos por planta. O rendimento de grãos atingiu 8,0 e 8,5 t.ha-1 na dose de 200 kg.ha-1 de N e foram necessários 124,3 kg.ha-1 e 70,38 kg.ha-1 de N em plantio direto e convencional, respectivamente, para obtenção do rendimento médio do ensaio (6222 kg.ha-1). A demanda de N em plantio direto se deu em função da elevada quantidade de fitomassa de braquiária (6 t.ha-1), sendo que no preparo convencional o material orgânico sofreu mineralização. Em função do maior rendimento e menor exigência de nitrogênio recomenda-se o sistema de plantio convencional para o primeiro ano de produção de milho em áreas ocupadas por pastagem no Acre.
Ano de Publicação: 2010
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CPAF-RO)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ComparacaoUilson.pdf751,2 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace