Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/881620
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2010
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: REZENDE, J. L. P.
ALVES, R. G.
BORGES, L. A. C.
FONTES, M. A. L.
ALVES, L. W. R.
Additional Information: JOSÉ LUIZ PEREIRA REZENDE, UFLA; RAFAEL GUIMARÃES ALVES, Perito Criminal Federal; LUÍS ANTÔNIO COIMBRA BORGES, UFLA; MARCO AURÉLIO LEITE FONTES, UFLA; LUIS WAGNER RODRIGUES ALVES, CPATU.
Title: Avaliação da gestão das UC do Sistema Estadual de Áreas Protegidas de Minas Gerais.
Publisher: Geografias: Artigos Científicos, Belo Horizonte, v. 6, n. 1, p. 87-106, jan./jun. 2010.
Language: pt_BR
Keywords: Unidades de Conservação
Gestão ambiental.
Description: As Unidades de Conservação (UC) são espaços territoriais especialmente protegidos para a conservação dos recursos naturais. O estado de Minas Gerais abriga diversas UC federais, estaduais e municipais. Objetiva-se neste trabalho levantar, caracterizar e analisar como vem sendo implantado o Sistema Estadual de Unidades de Conservação em Minas Gerais. Especificamente, os objetivos foram: levantar as UC estaduais e sua distribuição por bioma e regionais do IEF, sua infra-estrutura básica, regularização fundiária, recursos humanos, existência de planos de manejo, conselhos consultivos, relação com a comunidade do entorno, existência de fluxo turístico, atividade de pesquisa e caracterizar os parceiros e voluntários que atuam na gestão das mesmas. A metodologia utilizada foi a de entrevistas semi-estruturadas e questionários sobre as UC aplicados a todos os gerentes, avaliando a situação espacial, fundiária, humana, estrutural entre outras. Os principais resultados encontrados foram: existem 74 UC estaduais que ocupam áreas significativas e representativas de todos os biomas presentes no estado; inexistem planos de manejo na maioria das UC; há carência de recursos humanos na gestão das UC, principalmente de gerentes; há sobreposição de funções, quantidade insuficiente de funcionários com capacitação para funções específicas; as UC com maior representatividade de área são as “Áreas de Proteção Ambiental” (APA) que enfrentam maiores carências em recursos humanos, materiais e financeiros, além da dificuldade de gerir o território em conjunto com os proprietários; as UC de proteção integral são as que possuem maiores problemas de regularização fundiária
Thesagro: Meio Ambiente.
Data Created: 2011-03-21
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPATU)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GestaodasUC.pdf809,17 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace