Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/883468
Research center of Embrapa/Collection: Área de Informação da Sede - Tese/dissertação (ALICE)
Date Issued: 2010
Type of Material: Tese/dissertação (ALICE)
Authors: CAMPOS, S. K.
Additional Information: SILVIA KANADANI CAMPOS, CECAT.
Title: Fundamentos econômicos da formação do preço internacional de açúcar e dos preços domésticos de açúcar e etanol.
Publisher: 2010.
Pages: 141 p.
Language: pt_BR
Notes: Tese (Doutorado em Ciências - Economia Aplicada) - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Quieroz", Universidade de São Paulo, Piracicaba.
Keywords: Commodity
Preço doméstico
Description: A importância de se estudar preços decorre da necessidade de se prever seu comportamento, como instrumento para o planejamneto da produção, dos investimentos relacionados aos produtos e para a formulação de políticas que garantam o abastecimento do mercado consumidor. O objetivo principal do presente trabalho foi investigar os fatores que afetam o comportamento dos preços de etanol e açúcar no mercado doméstico e do preço do açúcar no mercado internacional. Em relação ao mercado internacional obgservou-se que os preços das commodities aramzenáveis negociadas mundialmente tendem a apresentat tendências semwelhantes, indicando que um conjunto comum de fatores pode estar afetando-os. Na análise do preço internacional do açúcar, consideram-se três ordens de fatores explicativos: (a) o índice geral de preços de commodities - CRB/SPOT; (b) macro-fatores como taxa de câmbio e juros, liquidez, renda, etc. e; (c) efeitos de fatores idiossincráticos relacionados ao consumo e produção mundiais do açúcar. Nos casos dos preços domésticos de açúcar e etanol, os fatores explicativos são (a) preço internacional do açúcar, (b) os macro-fatores internacionais e domésticos como taxa de câmbio, juros, renda, etc., (c) fatores idiossincráticos (produtividade, clima, etc.). O período analisado, envolvendo grande parte da primeira década dos anos 2000, foi de forte expansão da liquidez mundial, juros baixos e de crescimento econômico relativamente acelwerado. Os preços de commodities em geral, e do açúcar, em especial, experimentaram continuada alta, interrompida somente pela crise de 2008. No período analisado os erros de previsão do modelo empírico do açúcar internacional (baseados no preço do petróleo, do índice CRB e da liquidez) permaneceram praticamente até 30%. A alta do preçoem 2005/06 associa-se a alta do petróleo e uma elevação dos juros. Já a forte elevação em 2008/09 parece associar-se - além da alta do petróleo - aos baixíssimos juros aplicados durante a crise financeira. Em relação ao mercado doméstico, pode-se dizer que o preço do açúcar no mercado interno pode ser predito com expressiva segurança pela evolução do preço internacional e do câmbio do Real. Os erros de previsão se situam na faixa de 20%. A forte alta de 2002/03 é explicada pela alta mundial das commoditiese do câmbio simultaneamente; a de 2008/09 deveu-se à desvalorização cambial. No caso do preço doméstico do etanol, os preços internacional e doméstico do açúcar desempenham razoavelmente a tarefa de previsão, embora os erros chegam a 40%. Acredita-se que - sendo comodity menos transacionada externamente - etanol tenha preços mais sensíveis a fatores idiosincráticos. Contudo, permanece a conclusãogeral de que o complexo sucroeneegético comporta-se, relativo ao mercado, de forma bastante consistente com os mercados globalizados das commodities.
Thesagro: Açúcar
Etanol
Preço internacional
Formação de preço
Data Created: 2011-03-29
Appears in Collections:Tese/dissertação (AI-SEDE) / Embrapa Informação Tecnológica (SCT)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CAMPOSS.K..pdf3,05 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace